Não foi dessa vez, Sergio Pérez! O atual bicampeão Max Verstappen venceu seu primeiro duelo direto com o colega da RBR pela liderança do campeonato da F1 neste domingo, ao triunfar no GP de Miami. Pérez chegou em segundo lugar à frente de Fernando Alonso, que faturou seu quarto pódio de 2023.

O resultado veio após o holandês largar da nona colocação, por ter sua volta abortada na sessão classificatória devido à batida de Charles Leclerc. A vantagem de Max sobre Sergio no Mundial aumenta de seis pontos para 14, o que assegura o holandês em primeiro no campeonato de pilotos.

A corrida começou com um pódio provisório “à castelhana”, tendo Pérez na ponta, Alonso em segundo e Carlos Sainz em terceiro. Porém, Verstappen precisou de apenas 15 voltas para ir do nono ao segundo lugar, enquanto o mexicano da RBR se manteve à frente.

Tudo mudou quando Pérez visitou os boxes na 20ª volta, levando o colega de equipe para a liderança provisória. Seu ritmo, porém, não ajudava; ele precisou de dez voltas para descontar quase 3s de sua diferença para Verstappen e viu o bicampeão recuperar essa vantagem no fim da prova.

O holandês seguiu postergando sua troca de pneus, sem sinais de grande desgaste nos compostos duros que duraram 45 voltas. Sua visita aos boxes foi lenta e lhe jogou de volta à vice-liderança.
No entanto, a curta diferença de 1s5 foi obliterada pelo bicampeão, que retomou a ponta na volta 49. Esse foi o terceiro triunfo de Verstappen 2023, além das vitórias no Bahrein e Austrália, e o 38º de sua carreira.

Pérez, que dependia apenas de sua vitória para sonhar com a liderança do campeonato, viu a oportunidade se afastar mas obteve seu quarto pódio da temporada. Dia positivo para Alonso, estabelecido como terceira força desta temporada apesar da queda de rendimento da Aston Martin nas duas últimas etapas (Azerbaijão e Miami).

Piloto da casa, o americano Logan Sargeant não fez a estreia dos sonhos em seu primeiro GP local; o calouro da Williams caiu para último no começo da corrida, depois que precisou ir aos boxes para trocar o bico de seu carro. Dia ruim também para a McLaren, zerada com Lando Norris e Oscar Piastri. Essa foi a primeira corrida em cinco etapas na qual todos os 20 pilotos concluíram a prova.

Fonte: globo.com
Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *