Conecte-se conosco

Esporte

Vadão, ex-técnico da seleção feminina, morre em São Paulo aos 63 anos

Publicado

em

Oswaldo Alvarez, o Vadão, morreu aos 63 anos, vítima da complicação de um câncer no fígado. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) foi informada pelos familiares do ex-técnico da seleção feminina na tarde de hoje (25). O comandante de Marta e companhia nas Copas do Mundo de 2015 e 2019 estava internado na UTI do Hospital Albert Einstein desde o último dia 18.

Não foram divulgados detalhes sobre velório e sepultamento, mas as manifestações dos clubes começaram instantes depois de confirmada a informação da morte de Vadão. Ponte Preta e Guarani, dois dos times mais marcantes na carreira do treinador, se pronunciaram sobre o assunto.

O clube alvinegro publicou uma nota instantes depois de confirmado o falecimento do treinador, que teve quatro passagens pela Ponte (2001 a 2002, 2005, 2006 e 2014).

“É uma perda enorme, tanto para o mundo da bola quanto para todos que conheceram o ser humano Vadão, uma pessoa muito querida e dedicada. A Ponte Preta está entristecida e se solidariza com toda a família e amigos. Vadão fará falta dentro dos campos e fora deles”, lamentou Sebastião Moreira Arcanjo, presidente da Ponte Preta.

Vadão descobriu o câncer no início de 2020 e já em estágio avançado. O ex-treinador estava se tratando em Campinas, interior de São Paulo, mas veio para a capital depois de complicações.

A família do treinador tratava a doença sob sigilo absoluto e pediu a ajuda da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que respeitou o desejo e deu suporte para Vadão desde o início do tratamento.

Apesar de encerrar o compromisso com o treinador em julho de 2019, a CBF prorrogou o plano de saúde de Vadão até dezembro. Após a descoberta do câncer, a entidade máxima do futebol brasileiro sustentou o benefício para o treinador e ainda viabilizou a estadia no hospital de uma grande rede da capital paulista.

O último trabalho como técnico ocorreu justamente com o time feminino do Brasil na Copa do Mundo de 2019. O treinador acabou demitido depois da eliminação para a França, nas oitavas de final do Mundial.

Fonte: Folhapress
Foto: Naomi Baker – FIFA/FIFA via Getty Images

Esporte

Nunes Marques lidera divergência e solturas autorizadas por Gilmar são revertidas

Publicado

em

Com a relação agravada pelo embate sobre a realização de cultos e missas presenciais em todo o país, durante a pandemia, os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) Kassio Nunes Marques e Gilmar Mendes divergiram novamente. Ao contrário do caso das celebrações religiosas, desta vez, Nunes Marques saiu na frente.

Na análise de três habeas corpus na Segunda Turma da Corte, ele divergiu de Gilmar e se posicionou pelo restabelecimento da prisão cautelar de Arthur Pinheiro Machado, Josemar Pereira e Luiz Arthur Andrade Correia, todos alvos de operações de combate à corrupção.

O posicionamento de Nunes Marques foi seguido pelos ministros Cármen Lúcia e Edson Fachin.

Dessa forma, as decisões a favor da soltura dos investigados autorizadas por Gilmar Mendes acabaram sendo revertidas. O único que se posicionou ao lado de Gilmar nesses casos foi o ministro Ricardo Lewandowski.

Fonte: Folhapress

Continue lendo

Esporte

São Paulo goleia São Caetano com boa atuação de Reinaldo e gol de Eder

Publicado

em

O São Paulo goleou o São Caetano por 5 a 1 em sua volta aos gramados após a paralisação do Paulistão 2021. O time contou com gols de Arboleda, Rodrigo Nestor, Reinaldo, Daniel Alves e Eder para vencer o jogo válido pela 11ª rodada. Guilherme Castro marcou para o visitante no Morumbi.

O Tricolor paulista ocupa a liderança do Grupo B do Estadual, com dez pontos conquistados, enquanto o São Caetano fica na lanterna do Grupo D, com um ponto somado até aqui.

O Tricolor paulista recebe o Red Bull Bragantino na segunda-feira (12), em jogo da sétima rodada do Estadual. O duelo será às 20h (de Brasília).

Fonte: Folhapress

Continue lendo

Esporte

Real Madrid vence Barcelona e embola tabela do Espanhol

Publicado

em

Com um 1° tempo massacrante e terminando a partida com um a menos, o Real Madrid venceu, sob forte chuva, o Barcelona por 2 a 0 atuando em casa. O jogo, válido pelo Campeonato Espanhol, ocorreu na tarde deste sábado (10).

Com o resultado, o time comandado por Zinedine Zidane assume provisoriamente a liderança do torneio com 66 pontos, superando o Atlético de Madri no critério de confronto direto – a equipe treinada por Diego Simeone joga amanhã contra o Betis e pode reassumir o topo da tabela com um empate.

O Barcelona, por sua vez, teve Lionel Messi apagado e foi ultrapassado pelo principal rival, ficando com 65 pontos e em 3° lugar na tabela

Fonte: Folhapress

Continue lendo

Popular