Conecte-se conosco

    Política

    Túlio Gadelha deixa PDT e anuncia filiação à Rede Sustentabilidade

    Publicado

    em

    Túlio Gadelha deixa PDT e anuncia filiação à Rede Sustentabilidade

    O deputado federal pernambucano Túlio Gadelha, eleito pelo PDT, anunciou ontem (18), no Recife, sua filiação à Rede Sustentabilidade, partido fundado pela ex-ministra Marina Silva.

    O evento contou com a presença de duas das principais lideranças nacionais do partido: o senador Randolfe Rodrigues (AP), vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19, e a ex-senadora Heloísa Helena, que hoje ocupa o posto de porta-voz nacional da Rede, o equivalente à presidência na estrutura da legenda. Marina Silva, fundadora e candidata à Presidência pela Rede em 2018, não foi ao ato.

    Em suas redes sociais, Randolfe Rodrigues celebrou a chegada de Gadelha, um parlamentar de destaque na oposição ao governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados.

    “Esse cabra que não teme uma luta”, resumiu.

    Já Gadelha não falou abertamente da filiação, mas publicou uma foto com Randolfe, Heloísa Helena e o ex-deputado federal Professor Paulo Rubem Santiago.

    “Aqui tem muita amizade, carinho, cuidado, respeito e luta. Que a vida seja sempre assim!”, escreveu.

    A filiação de Túlio Gadelha —eleito com aproximadamente 75 mil votos em 2018— ocorre em um momento em que a Rede sofre uma debandada de suas principais lideranças. Ao longo dessa legislatura, o partido perdeu quatro dos cinco senadores que elegeu —o último deles, Fabiano Contarato (ES), se filiou ao PT.

    Como o UOL revelou nesta semana, a estratégia do partido é justamente investir em ampliar sua bancada na Câmara dos Deputados, onde hoje só conta com Joenia Wapichana (RR). Em 2018, o partido já ficou abaixo da cláusula de barreira —o que dificulta o acesso a recursos do fundo partidário, propaganda eleitoral em rádio e TV, entre outras restrições.

    Já o PDT sofre uma nova perda, após investir na promoção de lideranças jovens na eleição de 2018. Em setembro, o partido de Ciro Gomes já havia perdido a deputada federal Tábata Amaral (SP), que se filiou ao PSB.

    Fonte: Folhapress

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Banca de Jornal

    Propaganda