A Polícia Rodoviária Federal confirmou a reabertura de quatro faixas no sentido Niterói e duas no sentido Rio de Janeiro da Ponte Rio-Niterói. A liberação parcial ocorre quase três horas após o fechamento de todas as faixas devido ao choque de um navio com a estrutura.

Ainda segundo a PF, parte da estrutura da ponte ainda será avaliada e nenhuma alteração em relação ao tráfego será feira até esta terça-feira (15).

O prefeito Rio, Eduardo Paes (PSD), confirmou que uma vistoria técnica avaliou os pilares 71, 72 e 73 e não encontrou danos graves. “Equipe técnica vistoriou os pilares 71, 72 e 73 e não detectou nenhuma avaria na estrutura. Avaliação nos aparelhos de apoio estão indicando danos de pequena monta.”

Em nota, a Marinha do Brasil explicou que a embarcação de nome São Luiz ‘teve sua amarra partida e se deslocou do local em que se encontrava fundeada’ depois de condições climáticas extremas. O navio é alvo de processo judicial desde 2016 e voltará a ser conduzido para atracação na Baía da Guanabara.

Circulam na internet vídeos feitos por motoristas e passageiros de carros que passavam na ponte no momento do impacto. É possível ver a parte de cima do navio colidir com a estrutura lateral da pista, provocando um forte impacto. A imagem chega a tremer, desestabilizando a gravação.

O acidente acontece em um fim de tarde de muitos ventos no Rio. A cidade está em estágio de mobilização desde o início da tarde e foram registrados ventos entre 53 e 57 quilômetros por hora nos aeroportos do Galeão e Santos Dumont.

Fonte: R7.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *