Conecte-se conosco

Economia

“Toda atividade econômica é essencial”, afirma o secretário Marcelo Eulálio

Publicado

em

"Toda atividade econômica é essencial", afirma o secretário Marcelo Eulálio

O secretário municipal Desenvolvimento Econômico, Marcelo Eulálio, afirmou nesta quarta-feira (17) que as razões que levaram o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, a emitir decreto permitindo o funcionamento de atividades comerciais na sexta-feira (19) são relacionadas à economia do município. O secretário acrescenta que o agravamento da pandemia não é causado pela abertura do comércio.

“O que levou Dr. Pessoa a assinar o decreto é a preocupação com a economia e com a situação econômica do município, das empresas e do comércio”, explica.

O secretário ressalta que  Dr. Pessoa tem se preocupado com a saúde da população neste momento de pandemia.

“Dr. Pessoa tem dado uma atenção à saúde e vem empreendendo esforços para combater essa grave crise sanitária por qual passa Teresina, o estado do Piauí e o Brasil. Mas, ele tem um olhar pela economia”, frisa.

O secretário explica que a economia não pode ser vista como vilã nesta pandemia de coronavírus.

“A economia e a saúde não podem ser vistas como opostos nesta pandemia. Isso tem acontecido desde março do ano passado: economia versus saúde. Isso tem prejudicado o alinhamento de ações entre os entes federativos, tendo uma visão que a economia está em segundo plano, que o comércio é o vilão. Isso tem sido prejudicado na tomada de medidas mais eficazes no combate à pandemia”, destaca.

O secretário afirma que a Prefeitura de Teresina vai intensificar as fiscalizações de pessoas que não seguem as regras da Vigilância Sanitária.

“A Prefeitura de Teresina vai intensificar as regras de fiscalizações de pessoas que não querem seguir as normas de Vigilância Sanitária e recomendadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde), como uso de máscara, álcool-gel, distanciamento social”, alerta.

Conforme Marcelo Eulálio, o agravamento da pandemia não é causado pela abertura do comércio.

“O comércio é o que menos tem contribuído para o aumento dessa crise sanitária. Olha, toda atividade econômica é essencial. Não existe atividade essencial mais que a outra. Toda atividade econômica é essencial. Todo emprego é essencial, porque o emprego é quem contribui para assegurar a dimensão moral e material do indivíduo.O emprego dignifica a pessoa. Esse é o olhar do prefeito e nós estamos amparados juridicamente na abertura do comércio”, finaliza.

Orlando Dias
Da Redação

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda