Conecte-se conosco

Esporte

Tite convoca Pedro, mas mantém Neymar na seleção para Eliminatórias

Publicado

em

Antes presente na lista de suplentes da seleção brasileira, o atacante Pedro, do Flamengo, está convocado e relacionado pelo técnico Tite para os próximos jogos da seleção brasileira pelas Eliminatórias da Copa 2022.

O chamado de Pedro se dá por causa da lesão de Neymar, que não terá condições de atuar contra a Venezuela, no dia 13 de novembro, mas não foi cortado, já que o departamento médico da seleção tentará prepará-lo para o duelo contra o Uruguai, no dia 17.

– Tenho contato frequente com o médico do PSG e sabemos das condições físicas do Neymar desde o dia de sua lesão na Champions. Acreditamos que com uma semana intensiva de tratamento e com a estrutura do Centro de Excelência na Granja Comary temos a possibilidade de recuperação para o segundo jogo. Vamos acompanhar de perto sua evolução – disse o médico da seleção, Rodrigo Lasmar, ao site da CBF.

O atacante já tinha sido convocado por Tite na primeira lista após a Copa de 2018, mas sofreu uma lesão ligamentar no joelho, quando ainda atuava pelo Fluminense, e precisou ser cortado. Com isso, o Flamengo volta a ceder dois jogadores para a seleção brasileira, já que Everton Ribeiro estava na convocação inicial e Rodrigo Caio foi cortado. Os convocados desfalcarão o Flamengo no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, contra o São Paulo, e, talvez, no de volta, dependendo da logística da viagem e do desgaste dos jogadores. Eles também estarão ausentes na partida contra o Atlético-GO, pelo Brasileirão.

Pedro foi chamado para a lista de suplentes ao lado de Bruno Henrique, mas a opção pelo centroavante se dá diante do ótimo momento pelo Flamengo. Ele vem num ritmo de gols e foi eleito jogador do mês de outubro em eleição organizada pela CBF com jornalistas. Só no Brasileirão, Pedro já fez dez gols.

Papo com o PSG
Segundo a CBF, o coordenador da seleçãa, Juninho Paulista, o técnico Tite e o preparador físico Fábio Mahseredjian entraram em contato na quinta-feira com Leonardo, diretor esportivo do Paris Saint-Germain.

– Entendemos que para essa situação precisávamos alinhar com o PSG a permanência do Neymar na lista de convocados. Sabemos da preocupação do clube com a lesão, mas manifestamos nossa intenção de avaliar de perto a evolução do jogador. Confiamos muito em um trabalho integrado com nosso departamento médico e o Tite foi enfático em dizer para o Leonardo que jamais arriscaria a saúde de qualquer atleta por ele convocado – disse Juninho.

Convocados
Goleiros
Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras)

Laterais
Alex Telles (Manchester United), Danilo (Juventus), Gabriel Menino (Palmeiras) e Renan Lodi (Atlético de Madrid)

Zagueiros
Diego Carlos (Sevilla), Felipe (Atlético de Madrid), Marquinhos (Paris Saint-Germain) e Thiago Silva (Chelsea)

Meio-campistas
Allan (Everton), Arthur (Juventus), Casemiro (Real Madrid), Douglas Luiz (Aston Villa), Everton Ribeiro (Flamengo) e Lucas Paquetá (Lyon)

Atacantes
Everton (Benfica), Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar (Paris Saint-Germain), Richarlison (Everton), Vini Jr. (Real Madrid), Pedro (Flamengo)

Fonte: globo.com
Foto: Instagram/Flamengo

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda