Conecte-se conosco

Artigos

Teresina, atônita, chora a morte de Firmino Filho

Publicado

em

Teresina chora a morte de um dos seus filhos ilustres: Firmino Filho foi encontrado morto em frente ao prédio do TCU (Tribunal de Contas da União) nesta terça-feira, onde trabalhava. A informação da morte do ex-prefeito logo chegou às redes sociais, sendo que muitos usuários, incrédulos, pensavam ser apenas mais um “fake news”, tão comum nesses tempos.

No entanto, os vídeos e fotos em redes sociais confirmaram que não era uma notícia falsa. Sim, o político que administrou Teresina por quatro mandatos saiu de cena de maneira trágica. Não cabe a nós questionarmos os motivos desta trágica morte. O que podemos agora é lamentar e rezar para que Firmino Filho descanse em paz.

Firmino Filho estreou na vida pública na gestão do ex-prefeito Wall Ferraz, que morreu de maneira inesperada, abrindo espaço para que o vice-prefeito Francisco Gerardo assumisse.

Firmino Filho foi lançado candidato a prefeito pelo PSDB por Francisco Gerardo em 1996 e derrotou na eleição o deputado federal Alberto Silva, um dos políticos com mais obras na capital e considerado imbatível.

Firmino Filho, com seu perfil técnico e uma novidade na política teresinense, adotou o bordão, “Teresina é daqui pra frente”, e deu início a uma marca de que prefeito de Teresina tem que ser gestor, que seguiu dando as cartas na capital piauiense por 34 anos.

Na eleição de 2020, a odisseia de Firmino Filho em eleição em Teresina chegou ao fim. Não conseguiu eleger o sucessor, mesmo fazendo a gestão mais idealizadora dos quatro mandatos à frente da Prefeitura de Teresina. Muitos alegam que sua derrota se deve à condução da pandemia, que conduziu de forma rígida, decretando lockdown na capital.

Com erros e acertos, o que fica pra Teresina é sua forma técnica de gestão e seus os inúmeros prêmios para educação de Teresina, colocando-a como umas das melhores do país.

Sempre presente nas redes sociais, Firmino Filho fez a última postagem no twitter falando de esperança. Na Sexta-Feira Santa, o seu desejo era que a grande lição que Jesus deu anos atrás fosse entendida.

‘É preciso conservar a força no espírito para se manter forte e esperançoso em dias tão difíceis. Nessa sexta-feira santa, meu desejo é que a grande lição de esperança dada por Jesus há tantos anos, possa ser finalmente entendida. Possa ser finalmente praticada’.

Vá com Deus, Firmino, seu legado permanece.

Orlando Dias
Da Redação

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda