O tenente Madislan, da Polícia Militar do Piauí, lotado no município de Esperantina, no Norte do estado, foi baleado nesta terça-feira (27) durante cumprimento de mandado de prisão expedido pela Justiça contra o fabricante clandestino de armas, identificado por Apolimar.

De acordo com comandante da PM de Esperantina, Erisvaldo, o tenente Madislan foi atingido por um tiro de pistola 9 milímetros na espátula, na região do ombro, estancou o sangue com um torniquete.

O comandante Erisvaldo destacou que o tenente Madislan será transferido para o Heda, em Parnaíba.

“Ele está bem, mas sente fortes dores, foi regulado para atendimento no Hospital Regional de Esperantina e deverá ser transferido para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), no município de Parnaíba”, frisa.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *