Conecte-se conosco

    Artigos

    Temor e dores. O pânico toma conta?

    Publicado

    em

    A construção de um mundo melhor começa pela necessidade de sermos otimistas; só que chega um momento em que a realidade fala mais alto. O Estado do Piauí está envolto em temor e dores? O pânico toma conta da população? Certo mesmo é que nem as Igrejas conseguem mais conter o desânimo das pessoas. Os postos de saúde e hospitais mais assustam do que resolvem os problemas? O temor e as dores não seriam de outra ordem ou dimensão? A sensação é de que o povo não consegue mais colocar confiança explícita no que advém do setor público estadual? E quem provocou todo esse medo?

    De 2002 a 2022 o perfil da população sofreu alterações? O esfacelamento de valores provocou insegurança e pânico; tudo tende a ser relativizado. Qual a razão da Netflix perder tantos assinantes? Dizem que o problema é a concorrência e a queda do poder aquisitivo; será este o real motivo da descrença na mais antiga plataforma de streamming? Certo mesmo é que qualquer ser humano de boa formação não consegue mais ter “saco” pra receber um conteúdo que não lhe representa? Temor e dores! O pânico toma conta da população piauiense e nem mesmo os ditos refúgios conseguem acalmar o stress e nervosismo? E o descrédito institucional? Ande em locais simples ou nababescos e aja reclamações! Mas o governo municipal e o federal não têm culpa de nada? O municipal anda se virando nos trinta e se esforçando; tem o crédito de ser uma gestão nova. E o governo federal? Tem feito das tripas coração pra socorrer o povão. A briga insana pelo poder impede o governo federal de fazer muito mais! Sem falar no boicote da velha mídia!

    TEMOR E DORES. O PÃNICO TOMA CONTA da população piauiense que “depende” de serviços públicos estaduais. Hoje até pra ir pra Igreja qual a primeira pergunta que a população faz? Tem estacionamento; é seguro? Os olhos da população refletem as suas dores e temor. E como se consegue “mensurar” isso? Faz sua caminhada diária? Ao dar bom dia ou boa tarde a outrem a pessoa se assusta; já pensa que algo de errado vai acontecer. Até nas Igrejas as famílias relatam o temor do dia a dia. Tem gente que ao sair pra determinado local pensa dez vezes antes de ir a um local que nunca esteve e não conhece o nível de segurança. Mas o Piauí sempre foi assim? Mente quem enfatiza isso!

    E o que fazer perante fatos e acontecimentos? Não der bobeira. Evite circular com seu celular à vista; procure estacionar em local “seguro” e evite locais “desconhecidos”. E a polícia e os policiais não são pagos é pra garantir segurança adequada? Evite este tipo de comentário; pois já foi o tempo em que ser policial era motivo de orgulho. Muitos deles são vítimas do sistema ao invés de serem culpados pela total insegurança. Quem hoje tem parentes nos órgãos policias sabem o que estão sofrendo. Além do baixo salário; correm risco de vida diariamente. TEMOR E DORES. O PÃNICO TOMA CONTA DO POVO!

    Só nos sentimos verdadeiramente seguros quando colocamos a nossa vida nas mãos de Deus. Ele é infinitamente maior que todos os nossos medos, inseguranças, que as nossas falhas e pecados. Ele é poderoso para nos proteger dos ataques do inimigo e para nos dar a vitória na maior luta, mesmo quando ninguém acredita que podemos vencer. Em paz me deito e logo adormeço, pois só tu, Senhor, me fazes viver em segurança. Salmos 4:8

    Por Josenildo Melo

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular