Conecte-se conosco

Cidades

Soldado acusado de matar cabo Samuel é expulso da PM-MA

Publicado

em

Soldado acusado de matar cabo Samuel é expulso da PM-MA

O soldado Francisco Ribeiro dos Santos Filho foi expulso dos quadros da Polícia Militar do Maranhão. Francisco, que é acusado de assassinar o PM do Piauí, Samuel de Sousa Borges, no dia 1º de fevereiro de 2019, teve a exclusão publicada no Diário Oficial do Maranhão na edição do dia 30 de abril.

O soldado responde a três processos na justiça. As investigações concluíram que da arma do soldado saíram os tiros responsáveis pela morte de mais três pessoas, um assassinato em agosto de 2018 no bairro Pedra Mole e um duplo homicídio em dezembro de 2018 no Parque Zoobotânico, em Teresina.

Francisco Ribeiro dos Santos Filho esteve preso em um presídio no estado do Maranhão e agora deve ser transferido para o Piauí, onde aguardará a conclusão dos processos.

Relembre o caso
O cabo Samuel de Sousa Borges, do Batalhão de Rondas Ostensivas de Natureza Especial (BPRone), foi assassinado com três tiros na cabeça na frente do filho, próximo a uma escola na Zona Leste de Teresina, no início da tarde do dia 1 de fevereiro de 2019. A vítima filmou toda a ação que resultou no homicídio.

De acordo com a investigação do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a vítima abordou o suspeito, o soldado da Polícia Militar do Maranhão Francisco Ribeiro dos Santos Filho, quando percebeu que ele estava em uma moto sem placa e portando duas armas, que o cabo notou sob a roupa do PM do Maranhão. Os dois discutiram e o policial atirou contra o cabo do Rone.

O PM Francisco Ribeiro foi espancado por pessoas que presenciaram o crime e preso pela PM em seguida. Após ser preso, o suspeito declarou à polícia que o motivo do crime teria sido uma discussão sobre o trânsito, mas a versão foi descartada durante a investigação. Ele foi indiciado por homicídio qualificado por motivo fútil.

Da Redação
Foto: Reprodução/montagem

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda