Conecte-se conosco

Cidades

Sessão da APL homenageia o cinquentenário da UFPI

Publicado

em

A importância história da instalação há 50 anos da Universidade Federal do Piauí motivou a realização de uma sessão online especial da Academia Piauiense de Letras (APL), realizada neste sábado (6). Com a participação do Reitor Gildásio Guedes e do vice-reitor Viriato Campelo, o ato solene reuniu acadêmicos, ex-reitores, integrantes da Administração Superior e representantes dos segmentos docente e estudantil da Universidade.

Zózimo Tavares, presidente da Academia Piauiense de Letras

Ao abrir o evento, o presidente da APL, acadêmico e jornalista Zózimo Tavares, expressou alegria pela sessão em honra à Universidade e agradeceu aos acadêmicos pela aprovação unânime da proposição do ato solene. Para o presidente, a UFPI constitui um marco divisor na história do Piauí.

“Nos enchemos de contentamento e emoção ao recordar hoje a bela trajetória da Universidade, assinalada por muitos sacrifícios e desafios, tantas incompreensões e disputas, mas também muitas conquistas e vitórias” disse Zózimo. “Naquele 1º de março de 1971, quando a Universidade foi oficialmente instalada, o Piauí plantou em terra fértil a semente do saber, que se espalhou pelo estado e vem alimentando o espírito e a inteligência dos piauienses” declarou.

Docente da UFPI e ocupante da cadeira nº 1 da Academia, o acadêmico Fonseca Neto foi o orador da solenidade e proferiu uma palestra em que enfatizou fatos históricos e a força da mobilização de políticos, intelectuais, estudantes e personalidades que se articularam até verem aprovada no Congresso a Lei 5.528, de 1968, que autorizava finalmente a criação da primeira Universidade do Piauí.

Acadêmico Fonseca Neto

“Instalada a UFPI, em março de 1971, nela confluem na origem as experiências de educação superior anteriores que existiam no Piauí: as Faculdades de Direito, Filosofia, Odontologia, Medicina e de Administração (de Parnaíba) ”, disse Fonseca, ao apresentar na palestra o pano de fundo político e histórico que culminou na aprovação da Lei 5.528, incorporando essas faculdades e criando a UFPI. ” A UFPI foi resultado desse acerto político na comissão mista do congresso que tinha Petrônio Portela como presidente e Chagas Rodrigues como relator”, desenhando assim o formato inicial da instituição.

Fonseca Neto dedicou sua palestra ao jornalista carioca Luiz Bello, in memoriam, que documentou no livro “Da Serra da Ibiapaba ao Campus da Ininga”, o resgate de 4 séculos de pedagogia no Piauí e a fundação da UFPI. O obra foi lançada esta semana pela Editora da Universidade, em ato comemorativo aos 50 anos da Instituição.

Gildásio Guedes, reitor da UFPI

O reitor da UFPI, Gildásio Guedes, em seu discurso, agradeceu à Academia Piauiense de Letras pela homenagem que celebra a atuação nesses 50 anos da UFPI. Disse que a Instituição tem orgulho de ter colaborado com progresso do estado e de ter ampliado oportunidades e gerado mudança de vida para as mais de 75 mil pessoas que se graduaram e se pós-graduaram em 5 décadas de existência da Universidade. Guedes disse também que a Instituição se reinventa para continuar servindo aos que a procuram.

“A Universidade é feita de sonhos. Vamos lutar para finalmente criar o Parque Tecnológico do Piauí e também presentear Teresina com uma nova área verde de convivência, com a instalação de um Parque Ambiental na área entre o Setor de Esportes e o CT. Temos também o desejo de criar novos cursos para colaborar com a vocação de cidades onde temos campi instalados. Estamos aqui para fazer essa Universidade cada dia maior”, finalizou.

Participaram da solenidade os ex-reitores Anfrísio Neto Lobão Castelo Branco, Pedro Leopoldino e José Arimatéria Dantas Lopes, e 13 acadêmicos da APL, entre eles, Celso Barros Coelho; Fides Angélica, que cerimoniou o evento; Nelson Nery Costa; Jônathas Nunes, também presidente da Academia Piauiense de Ciências; Maria do Socorro Magalhães; e Elmar Carvalho. Pela Universidade, também prestigiaram a solenidade pró-reitores, diretores de centro, superintendentes, além de professores e estudantes.

A solenidade está disponível no canal da APL no You Tube.

Fonte: Ascom

Cidades

Missa de sétimo dia do ex-prefeito Firmino Filho é marcada por comoção e saudade

Publicado

em

A missa de sétimo dia do ex-prefeito de Teresina, Firmino Filho, foi celebrada nesta segunda-feira (12). A missa foi celebrada pelo arcebispo de Teresina, Dom Jacinto Brito, e transmitida pelo Youtube diretamente da igreja Nossa Senhora de Fátima, bairro Jóquei, zona Leste de Teresina.Mais de 6.300 pessoas acompanharam a missa na internet.

Dom Jacinto ressaltou que este não era um momento de homenagens, mas de orações.

“Ele foi um paroquiano que sempre participou dos ritos e trabalhos da igreja. Deixou marcos de fraternidade através de seu trabalho que beneficiou sua família e a sociedade”.

Presentes na igreja somente a família e amigos mais próximos, seguindo as restrições sanitárias. A Orquestra Sinfônica de Teresina tocou o Hino da Capital, que foi administrada por Firmino durante quatro mandatos. A filha Cristina deu um depoimento emocionado sobre dor e saudade.

Cristina Silveira lê mensagem emocionante para seu pai, Firmino Filho

Veja mensagem de Cristina Silveira:

“Pai, não tenho palavra que expresse o tamanho da minha dor e saudade. Lembro como se fosse ontem o senhor cantando Tinoca, Tinoca cadê minha beijoca. Queria dizer que eu te amo muito, que eu admiro e que o senhor será meu herói, meu precioso. Eu sei que um dia vamos nos reencontrar em um lugar de muita paz e amor. Pai, essa mensagem é para o senhor, de alguma forma o senhor esteja me escutando. Pai, desculpa, eu te amo tanto, eu gostaria de ter sido uma filha melhor, e ter percebido a sua dor, mas saiba que pra mim o senhor é perfeito demais, talvez isso tenha sido meu erro, pois eu achava que nada pudesse ti abalar. Desejo e sonho te ver novamente, abraçar, beijar, sentir teu cheiro, escutar sua voz. Queria que de alguma forma o senhor me mostrasse que está do meu lado. Pai pra mim o senhor é um dos homens mais brilhantes, diferente, especial, inteligente, meu super herói, meu porto seguro. Sinto que parte de mim foi embora. Estou sem rumo, por favor, me guia. Pai, o senhor está do meu lado, saudade e agradeço por tudo, vontade de Deus, guarde minhas lembranças, últimos sorrisos, olhares e palavras. Queria voltar ao tempo e poder ter oportunidade de almoçar e receber seu beijo antes de sair do trabalho. Pai, eu suplico para ouvir sua voz novamente, prometo sempre te proteger. Meu pai era bom demais, seu olhar me iluminava, era meu norte e estrela guia. Pai, eu te amo, eu quero partilhar minha vida toda com você. Por favor fique comigo e quero poder ti tocar novamente. Pai tudo que eu quero é acordar e ti vê. Minha vida está um deserto, na qual ninguém pode me salvar. Queria nessa pequena mensagem enaltecer o quanto você lutou por inúmeras vidas, vítimas da Covid, trabalhando de maneira árdua pra salvar vidas, demostrando amor por sua cidade natal, chamada Teresina, pra mim o senhor é vitorioso. Pai, meu pai, te amarei para sempre. Sua Tinoca te ama, pai, eu sou sua fã e admiradora”.

O ex-prefeito Firmino Filho foi encontrado morto no dia 6, em frente ao Edifício Manhattan, localizado na Leste de Teresina, onde funciona um escritório do Tribunal de Contas da União, onde ele era funcionário de carreira.

Da Redação

Continue lendo

Cidades

Piauí atinge novo recorde e registra 57 mortes por Covid-19 nas últimas 24h

Publicado

em

Nas últimas 24 horas foram registrados, no Piauí, 970 casos confirmados e 57 óbitos pela Covid-19, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite desta segunda-feira (12).

Dos 970 casos confirmados da doença, 522 são mulheres e 448 são homens, com idades que variam de um a 91 anos.

Vinte e quatro mulheres e trinta e três homens foram vítimas da Covid-19. Elas eram de Batalha (71 anos), Capitão de Campos (60 anos), Caridade (48 anos), Floriano (89 anos), Júlio Borges (25 anos), Lagoa Alegre (82 anos). Monsenhor GIl ( 75 anos), Parnaíba (66,75 e 89 anos), Picos (58 anos),São Pedro do Piauí (49 anos), Tamboril (90 anos), Teresina (50, 54, 62, 66, duas de 72 anos, 73, 77, duas de 78 anos) e Valença ( 87 anos).

Já os homens eram de Agricolândia (36 anos) , Alegrete do Piauí (55 anos), Altos (82 anos), Alto Longá (88 anos), Batalha (68 anos), Campo Maior (59 anos), Esperantina (85 anos), Floriano (78 anos), Gilbueis ( 59 anos), Jaicós (63 anos), José de Freitas (72 e 73 anos), Oeiras ( 34 anos), Parnaíba ( 68, 70 e 79 anos), Pavussu (65 anos), Pio IX (74 anos), Santa Rosa do Piauí ( 78 anos), São Gonçalo (77 anos), São Pedro do Piauí (88 anos), Simplício Mendes ( 72 anos)e Teresina (54, 57, 65, 67, 71, 75, 77, 76, 79, 81, 83 anos). Dezoito vítimas não possuíam doenças preexistentes.

Os casos confirmados no estado somam 220.336 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 4.586 e foram registrados em 219 municípios.

No boletim de hoje está sendo feita a retificação de um óbito divulgado no último dia 10. O registro sai de Teresina para São Pedro do Piauí. A alteração já foi feita no painel epidemiológicos

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 1.334 ocupados, sendo 867 leitos clínicos, 431 UTIs e 36 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 13.062 até o dia 12 de abril de 2021.

A Sesapi estima que 214.416 pessoas já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

Campanha de vacinação
Até o momento, o vacinômetro, ferramenta para acompanhar a evolução da campanha de vacinação contra a Covid-19 no Piauí, aponta que 332.778 pessoas já receberam a primeira dose de vacina no estado e 79.054 a segunda dose.

Os dados são atualizados a cada 15 minutos a partir da inserção de registros no sistema de informação da campanha pelos estabelecimentos de saúde. 

O Painel de Monitoramento da Vacinação contra a Covid-19 pode ser acessado através do site www.saude.pi.gov.brwww.saude.pi.gov.br.

Da Redação

Continue lendo

Cidades

Jovem é morta com tiro na cabeça em Teresina

Publicado

em

Uma jovem, identificada como Valdirene de Jesus Melo Silva, foi encontrada morta na manhã desta segunda-feira (12), na região do Dique do Rio Poti, no bairro Mocambinho, na zona Norte de Teresina. De acordo com informações repassadas pelo 9° Batalhão de Polícia Militar, tudo indica que ela foi executada com disparos de arma de fogo na região da cabeça.

Quando chegaram no local onde o corpo foi encontrado, os agentes ainda observaram três elementos cavando uma cova, possivelmente para esconder o corpo. Após avistarem os policiais, os indivíduos fugiram em destino ignorado e ainda efetuaram alguns disparos contra os PMs.

“A gente acompanhou o trabalho pericial e só tinha uma tatuagem no braço direito com o nome Ágata. Acreditamos que tenha sido execução, mas vão fazer o levantamento para verificar a motivação. A Perícia constatou só um tiro de disparo de arma de fogo na cabeça”, disse o Capitão Oziel Sousa, do 9° BPM.

Com informações do meionorte.com

Continue lendo

Popular