Conecte-se conosco

Cotidiano

Sesapi encerra programação do Setembro Amarelo 2021

Publicado

em

Sesapi encerra programação do Setembro Amarelo 2021

A Secretaria de Estado da Saúde, (Sesapi), por meio da Gerência de Atenção a Saúde Mental, encerra nesta quarta-feira (29) a programação da Campanha do Setembro Amarelo 2021. O encerramento acontece com a divulgação do Boletim Epidemiológico: “Perfil Epidemiológico da Mortalidade por Suicídio e Violência Autoprovocada no Estado do Piauí, entre 2020 e 2021” e a roda de conversa com profissionais da área sobre o tema “Dialogando sobre a autolesão e Prevenção ao Suicídio”.

Virgínia Pinheiro, gerente de atenção a saúde mental, explica que a programação de 2021 da Sesapi está encerrando, mas que os cuidados e atenção à temática devem ser discutidos e mantidos a todo momento, além de uma garantia de serviços de assistência no sistema de saúde público.

“Durante todo este mês de Setembro nos direcionamos para enfatizar a importância do cuidado em saúde mental e da prevenção dos suicídio, destacando que os cuidados com a nossa saúde mental devem ser mantidos por todo o ano. É importante sermos capazes de identificar um processo de adoecimento mental além de garantirmos estratégias e serviços de cuidados para a população nessa área”, diz a gerente.

O secretário Florentino Neto destaca que na rede de atenção psicossocial do estado, o Piauí conta com serviços de qualidade para a população.

“Nós possuímos serviços que vão desde a atenção primária em saúde até a atenção hospitalar, com equipes multiprofissionais altamente qualificadas vinculadas as UBS, Centros de atenção psicossocial, unidades hospitalares e ambulatórios especializados. Temos uma estrutura para atender a área da saúde mental da nossa população com qualidade e eficiência”, aponta o gestor.

Ao longo do mês foram desenvolvidas atividades que trabalharam junto com profissionais de saúde e da rede intersetorial, direcionando informações e orientações sobre o cuidado em saúde mental, ajudando profissionais a ficarem mais preparados para o atendimento da população.

Socorro Milhomem,técnica de referência da pasta de prevenção ao suicídio da GASM/SESAPI, destaca que os cuidados com a saúde mental envolvem estratégias e condutas de gestão dos profissionais pautadas na ética, respeito e integralidade da atenção aos atendimentos.

“ Neste ano, nós trabalhamos a prevenção do suicídio tanto na perspectiva da prevenção como na pósvenção, mas é importante ressaltar que a prevenção do suicídio é uma tarefa para ser realizada através da ajuda de todos e que ela não deve ser deixada apenas para ações pontuais. Esse é um trabalho que deve ser realizado com o compromisso da gestão da política de saúde mental articulada com parcerias intersetoriais. É importante destacar ainda , que caso alguém identifique que está em processo de adoecimento, procure os serviços disponíveis no seu município, para que assim possa ter o acompanhamento médico qualificado”, diz.

Fonte: Ascom/Sesapi

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda