Conecte-se conosco

Política

Senado elege novo presidente nesta segunda

Publicado

em

[ad_1]

Na segunda-feira (1°), os senadores vão se reunir para decidir quem comandará a Casa pelos próximos dois anos. A eleição para suceder o atual presidente, Davi Alcolumbre (DEM-AP), está prevista para ocorrer a partir das 14h, de forma presencial, e o voto é secreto.

Cinco senadores concorrem ao cargo. São eles: Jorge Kajuru (Cidadania-GO), Lasier Martins (Podemos-RS), Major Olimpio (PSL-SP), Rodrigo Pacheco (DEM-MG) e Simone Tebet (MDB-MS). Novas candidaturas, porém, podem ser apresentadas até o dia da eleição.

Pelo regimento do Senado, será considerado eleito o candidato que obtiver “maioria de votos, que represente a maioria da composição do Senado”. Ou seja, maioria simples. Mas, de acordo com a Secretaria-Geral da Casa, para ser eleito, o candidato precisará ter no mínimo a maioria absoluta dos votos, ou seja, pelo menos 41 votos dos 81 senadores.

A disputa está polarizada entre a senadora Simone Tebet e o senador Rodrigo Pacheco. Tebet, teve a candidatura lançada no dia 12 de janeiro por seu partido, o MDB. Além dos votos da bancada do seu partido, a senadora tem o apoio de senadores de outras legendas como o PSDB, o Cidadania e o Podemos. Se for eleita, Tebet será a primeira mulher a presidir o Senado.

A candidatura de Rodrigo Pacheco foi formalizada no dia 19. Além do DEM, seu partido, o senador tem o apoio de formal dos partidos PDT, PL, PROS, PT, PP, PSD, PSC e Republicanos.

Além do presidente e do primeiro e segundo vice-presidentes, serão eleitos quatro secretários e quatro suplentes de secretários. Na primeira reunião, parlamentares definem o novo presidente do Senado. Depois, eles voltam a se reunir para definir os demais membros da Mesa. O mandato é de dois anos, sendo vedada a reeleição para o período imediatamente subsequente.

Veja quem são os candidatos (ordem alfabética):

Jorge Kajuru (Cidadania-GO)

Radialista, natural de Cajuru (SP). Eleito vereador de Goiânia em 2016. Em 2018, Kajuru foi eleito para o Senado. É titular das comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e de Assuntos Sociais (CAS).

Lasier Martins (Podemos-RS)

Advogado e jornalista natural de General Câmara (RS), foi eleito senador em 2014. Atualmente ocupa a 2ª vice-presidência do Senado, cargo para o qual foi eleito na Casa em 2019. Entre outras comissões, é titular na Comissão de Assuntos Econômicos, na Comissão de Educação, Cultura e Esportes e na Comissão de Meio Ambiente.

Major Olimpio (PSL-SP)

Policial Militar, natural de Presidente Venceslau (SP). Foi eleito deputado estadual por São Paulo em 2010. Em 2014, foi eleito deputado federal. A eleição para o Senado ocorreu em 2018. Titular das comissões de Assuntos Econômicos (CAE), Constituição e Justiça (CCJ) e do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar.

Rodrigo Pacheco (DEM-MG)

Advogado, natural de Porto Velho (RO). Cumpriu um mandato como deputado federal por Minas Gerais (2015-2019) e foi presidente da Comissão e Constituição e Justiça da Câmara. Em 2018 foi eleito para o Senado. É titular das comissões de Assuntos Econômicos (CAE), Constituição e Justiça (CCJ) e de Transparência e Governança (CTFC).

Simone Tebet (MDB-MS)

Advogada, natural de Três Lagoas (MS). Eleita para o Senado em 2014. Em 2002, foi eleita deputada estadual. Na sequência, em 2004, foi eleita prefeita do município de Três Lagoas e reeleita em 2008. Assumiu o cargo de vice-governadora de Mato Grosso do Sul, na gestão do então governador André Puccinelli, em 2011. É titular das comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e da Permanente Mista de Combate à Violência contra a Mulher (CMCVM).

[ad_2]

Fonte: Agência Brasil

Política

Ciro Nogueira anuncia que Ministério da Saúde autorizou 25 leitos de UTI para o Piauí

Publicado

em

O senador Ciro Nogueira (Progressista) anunciou nesta quinta-feira (4) que o Ministério da Saúde autorizou de 25 novos leitos de UTI para o Piauí. De acordo com o senador, as cidades contempladas foram Picos e Parnaíba.

“Esta semana conseguimos junto ao Ministério da Saúde a autorização de 25 novos leitos de UTI Covid para o nosso estado, na cidade de Picos e Parnaíba. As unidades vão atender pacientes graves de covid-19 e serão fundamentais para salvarmos vidas. Agradeço ao ministro Pazuello que atendeu ao nosso pedido de ajudar o nosso estado nesse momento tão complicado”, declarou.

Confira o vídeo


Da Redação

Continue lendo

Política

Deputado Fábio Abreu defende vacinação prioritária para profissionais da Segurança

Publicado

em

O deputado federal Fábio Abreu (PL), em audiência na Comissão Externa de Enfrentamento à Covid 19, solicitou nesta quarta-feira (3) que os profissionais de segurança sejam incluídos como prioridade na campanha de vacinacção contra a Covid 19.

Veja o vídeo

D

Da Redação

Continue lendo

Política

Flávio Nogueira defende coordenação nacional para enfrentar a Covid-19

Publicado

em

Durante reunião por videoconferência da Frente Parlamentar da Saúde, o deputado federal Flávio Nogueira (PDT) defendeu que haja uniformidade nas ações de enfrentamento a pandemia do novo coronavírus em nível nacional. Segundo o parlamentar, que é médico e integra a Frente, a falta de uma coordenação nacional para enfrentar o problema tem causado prejuízos para todo o país.

Flávio Nogueira argumentou que os números de casos e óbitos de vítimas da doença vêm aumentando assustadoramente em todo o Brasil. Durante toda essa semana, os Estados contabilizaram mais de mil óbitos por dia. “Estamos passando por um momento angustiante que eu nunca tinha visto em minha vida. O pior é que a doença está vindo agora com mais força. Faltou, e segue faltando, uma coordenação nacional para que a gente possa sair dessa crise. É necessário uma uniformidade de ações. Isso não é uma questão política. São dados, fatos”, frisou.

Para o parlamentar, muito se fala das aglomerações promovidas com as festividades de fim de ano, mas que, segundo ele, os problemas vem há muito tempo, quando se manteve a realização do processo eleitoral, mesmo diante da pandemia. Ele sustentou que “as eleições abriram as porteiras para as aglomerações” ao permitir a realização de eventos como carreatas, passeatas e reuniões. “Os eventos de pré-campanha e campanha fizeram com que houvesse as aglomerações, muitas pessoas sem consciência do uso das máscaras e isso, facilitando a circulação e transmissão do vírus”, argumentou.

Ainda de acordo com Flávio Nogueira, a redução do número de casos e óbitos da Covid-19 passa por três pilares que envolve o uso de máscaras, evitar as aglomerações e ainda a vacinação em massa da população. “A vacina por si só não é a solução. Ela sozinha não resolve o problema”, pontua.

Ele defendeu que os deputados que integram a Frente Parlamentar da Saúde busquem uma audiência com o Ministro da Saúde, Eduardo Pazzuello e também com o presidente Jair Bolsonaro para discutir o assunto. “O que queremos são ações que possam, a cada dia, diminuir essa pandemia que está matando muita gente. Temos que ter serenidade e senso na condução desse problema”, finaliza.

Fonte: Assessoria parlamentar

Continue lendo

Popular