A Secretaria de Segurança Pública do Piauí inaugurou nesta sexta-feira (3) um novo posto do Instituto de Identificação Digital Félix Pacheco na Câmara Municipal de Teresina (CMT), que fica, localizado na Avenida Marechal Castelo Branco, bairro Cabral, zona Norte de capital. O Secretário de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI), Chico Lucas, ressaltou que a iniciativa é resultado de uma parceria entre a SSP e a CMT.

“Queremos transformar o Piauí no Estado mais digital do país, por isso estamos expandindo o trabalho do Instituto de Identificação, licenciando e coletando a biometria dos cidadãos piauienses. Podemos ressaltar, que em breve o estado vai prestar os serviços pela nova plataforma Gov.pi, no entanto, para quem não tem acesso à tecnologia, temos que disponibilizar locais de atendimento em órgãos públicos. Nesse sentido, queremos agradecer a disponibilidade da Câmara Municipal de Vereadores, que ofereceu um posto de atendimento centralizado. Essa é uma oferta de cidadania muito importante que só foi possível devido a essa parceria”, pontuou o secretário.

Chico Lucas destacou ainda que o Piauí é o único estado do Brasil que todas cédulas de identidade já estão no novo modelo e que em breve será ofertada uma carteira com policarbonato, com chip, para que os serviços sejam acessados de forma rápida pela população.

O presidente da Câmara Municipal de Teresina, vereador Enzo Samuel, informou que o novo posto representa a descentralização do serviço e possibilita que a população tenha seus direitos garantidos.

“Nossa missão é tornar a Câmara Municipal mais próxima do povo teresinense, acredito que estamos avançando nesse sentido, principalmente através de parcerias, como fizemos com a Secretaria de Segurança Pública. Trazer esse posto de atendimento é um grande avanço”, explicou o vereador.

Para o diretor-geral do Instituto de Identificação Digital Félix Pacheco, Marcelo Mascarenha, esse é o primeiro passo para o exercício da cidadania. Os interessados devem se encaminhar ao posto com os documentos obrigatórios, certidão de nascimento, certidão de casamento atualizada, CPF válido e comprovante de endereço.

“Através da abertura dos postos e da busca ativa através de nossos projetos sociais, vamos garantir que todo cidadão piauiense tenha a nova Carteira de Identidade Nacional”, finalizou o diretor.

A emissão da primeira via da Carteira de Identidade Nacional (CIN) é gratuita. Além disso, idosos e pessoas com deficiência também têm direito à gratuidade. O posto começa a funcionar na próxima segunda-feira (3) e o horário de atendimento seguirá o padrão da rede de postos do Instituto, das 8h às 17h.

Câmara Municipal de Teresina passa ter um Instituto de IdentificaçãoFoto: Divulgação

Com informações da Ascom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *