O Governo do Piauí elaborou um plano de ações envolvendo diversas secretarias e órgãos, para garantir um Carnaval seguro na capital e interior do estado. Parte das atividades terão início no Corso de Teresina e seguirão durante a folia de momo. Entre as principais medidas, destacam-se: reforço no efetivo policial, proteção à mulher, ações educativas para prevenção de acidentes e fiscalização de trânsito, proteção ambiental e prevenção de afogamentos.

O Carnaval 2023 terá o maior efetivo policial militar que a Segurança Pública já usou nesse período festivo. Mais de 1.100 homens e mulheres, alunos dos Cursos de Formação de Soldado e Oficial da PM-PI, vão realizar o estágio prático supervisionado de policiamento ostensivo no Carnaval. Eles auxiliarão as tropas escaladas para o serviço nos dias de festa. Metade deste efetivo extra estará atuando já neste sábado (11), no Corso de Teresina.

“O planejamento da Secretaria da Segurança Pública é que durante as festividades carnavalescas, serão colocados nas ruas os alunos que estão finalizando o curso de formação e que irão se somar ao efetivo que fará o policiamento ostensivo na capital e interior. Neste ano, teremos o maior efetivo já disponibilizado pela Polícia Militar para reforçar a segurança do Carnaval no Piauí”, anunciou o secretário da Segurança Pública, Chico Lucas.

As Polícias Militar e Civil já estão com seus planos de segurança elaborados para o período da folia. O planejamento prevê deslocamento de policiais da capital, onde o efetivo é maior, para as cidades de maior tradição carnavalesca. A Secretaria da Segurança Pública garante aporte de recursos para compra da folga de policiais voluntários, visando ter um maior efetivo à disposição.

O Centro Integrado de Segurança estará funcionando no Corso de Teresina e em Luís Correia durante o Carnaval. Ele reúne representantes das Polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros no mesmo espaço, facilitando o atendimento de ocorrências e agilizando os encaminhamentos necessários.

Chico Lucas, secretário de Segurança

Atenção à Mulher
Garantir liberdade e segurança às foliãs é também uma prioridade neste Carnaval. A Secretaria de Estado das Mulheres estará divulgando a campanha “Só se eu quiser… #nãoénão”, que visa sensibilizar, prevenir e informar à população sobre os direitos das mulheres, contra o assédio, a violação dos direitos e a violência de gênero. A ação será iniciada no Corso de Teresina, com apoio da Secretaria da Segurança Pública. O público será informado sobre as condutas proibidas por lei e, ao mesmo tempo, estimulado a denunciar comportamentos abusivos.

“Importunação sexual, desde 2018, é crime. A pena é de 5 anos de cadeia. Passa pelos homens quererem beijar mulheres à força, abraçar, pegar nas partes íntimas. Depois do “não”, tudo é assédio”, explicou a secretária das Mulheres, Zenaide Lustosa.

O Centro Integrado vai prestar atendimento especializado à mulher vítima de violência. A Secretaria das Mulheres também estará divulgando os canais de atendimento a quem for vitimada de algum crime.

Saúde
A prevenção de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) será um dos focos na atuação da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), neste Carnaval. Testes rápidos serão feitos e preservativos distribuídos para estimular relações seguras. Equipes da epidemiologia vão atuar em barreiras educativas com a PRF, Detran e outras instituições da área de trânsito, divulgando material informativo com destaque, também, para o combate à importunação sexual, gravidez na adolescência e acidentes automobilísticos.

“A Sesapi vai apoiar os municípios com envio de material informativo como cartazes, folderes, preservativos masculino e feminino, além de teste rápido para HIV, Sífilis, Hepatite B e C”, explicou a coordenadora de Doenças Transmissíveis da Sesapi, Karina Amorim.

Em nota técnica, a Secretaria da Saúde informou que os preservativos serão disponibilizados nas regionais de saúde dos 11 territórios de desenvolvimento, como também na Assistência Farmacêutica do Estado, em Teresina. Os municípios devem se encarregar de receber as camisinhas e distribuir durante as festas.

O objetivo maior da ação é reduzir os índices de infecção por ISTs. Dados do órgão indicam que, em 2022, foram registrados no Piauí 533 casos de HIV, uma queda de 30% em relação a 2021, quando foram notificados 762 casos da doença. O histórico de 2018 a 2022 mostra que a maior prevalência de HIV no estado é em homens (74%).

Bombeiros
O Corpo de Bombeiros Militar do Piauí realizará, a partir do dia 17 de fevereiro, a Operação Carnaval 2023. Durante todo o período de festas, os municípios de Parnaíba, Luís Correia, Piripiri, Floriano, São Raimundo Nonato, Picos, Barras, Água Branca, Guadalupe, além da capital, Teresina, receberão reforços. O efetivo de plantão poderá ser encaminhado para atender ocorrências em qualquer cidade do estado, quando houver necessidade.

Devido ao grande fluxo de pessoas previsto para o litoral do estado durante o período de Carnaval, a segurança dos banhistas no mar é uma prioridade. “Nas praias, rios, em balneários, existem riscos bem peculiares. Por isso sempre recomendamos que os banhistas procurem informações com pessoas da região, para garantir que aquele lugar é mesmo seguro. Não podemos também esquecer o cuidado com as crianças, que é algo primordial, pois elas não têm a noção de risco e podem se envolver em acidentes”, explicou o subcomandante-geral do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Veloso.

Detran
O Departamento Estadual de Transito (Detran) já iniciou as ações para reduzir a violência no trânsito no período de festas relacionadas ao Carnaval. A Campanha “Motorista da Rodada”, lançada no sábado (4), estimula a escolha de um condutor que não faça uso de álcool, para assegurar deslocamentos seguros com grupos de foliões. Servidores do órgão estão percorrendo espaços de entretenimento na capital, promovendo abordagens educativas, entrega de material de divulgação e distribuição de brindes, visando promover a conscientização. As atividades serão repetidas no próximo fim de semana, nas prévias carnavalescas.

Três equipes educativas serão distribuídas nas cidades de Amarante, Água Branca, Floriano, Luís Correia, Parnaíba, Altos, Campo Maior e Barras. Os grupos vão ficar em pontos estratégicos dos municípios, com apoio da Polícia Militar, fazendo a distribuição de material de orientação para proteção à vida.

“As ações que estão ocorrendo e serão prolongadas até o Carnaval, não têm o intuito de penalizar nenhum condutor, e sim salvar vidas. Por isso, eu peço a compreensão de todos que forem abordados pelas equipes do Detran, para que escutem as orientações e pratiquem todas elas”, afirmou Luana Barradas, diretora-geral do Detran.

Meio Ambiente
O descarte consciente do lixo será o tema central da campanha programada pela Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar) para o Carnaval. Os foliões serão alertados dos cuidados necessários para reduzir danos ao meio ambiente, e não fomentar a ploriferação de doenças a partir do lixo que produzem durante as festas.

A Semar firmou parcerias com cooperativas de materiais recicláveis em diferentes cidades, para que o lixo produzido no Carnaval seja recolhido com rapidez e tenha uma destinação adequada. “Em Teresina estamos fazendo uma articulação para que as cooperativas, no Corso de Teresina, façam todo o recolhimento do material e ele tenha uma destinação ecológica”, revelou o secretário Daniel Oliveira.

A orientação é que o folião leve consigo copos e outros materiais individuais, evitando uso de plásticos e descartáveis que geram impacto ambiental e provocam acúmulo de resíduos sólidos durante os eventos.

Fonte: CCom
Fotos: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *