Conecte-se conosco

Esporte

São Paulo reserva perde para o Botafogo-SP em jogo apático

Publicado

em

O time reserva do São Paulo mostrou pouca inspiração e certa apatia e foi derrotado pelo Botafogo-SP por 1 a 0, na tarde deste domingo (8), na nona rodada do Campeonato Paulista. Somente com o goleiro Volpi dos titulares, a equipe de Fernando Diniz não engrenou e sofreu o castigo no segundo tempo: Didi, de cabeça, marcou o único gol do jogo.

Com o resultado, o Tricolor do Morumbi permanece com 15 pontos, mas segue na liderança do Grupo C do Paulistão. O time de Ribeirão Preto respira na tabela, vence a segunda e vai a oito pontos na segunda chave.

O São Paulo utilizou uma equipe de garotos porque tem confronto importante na próxima quarta-feira (11), pela Libertadores. O clube recebe a LDU no Morumbi, às 21h30, depois de perder na estreia da competição continental. O Tricolor de Ribeirão Preto visita o Oeste na sexta-feira (13), em jogo que abre a décima rodada do Estadual.

O melhor: Ronald dá trabalho pela direita
Se o São Paulo foi a campo com um time recheado de garotos, quem chamou a atenção foi o jovem jogador do time da casa. Ronald, 23, aberto pela direita, deu trabalho com dribles e velocidade e quase deixou o seu — Volpi espalmou o chute dentro da área. Acabou substituído já perto do final, demonstrando certo cansaço.

Pior, Toró não “para em pé”
Um dos principais nomes do time são-paulino hoje era Toró, muitas vezes acionado e participativo em jogos mais relevantes. Mas o ponta decepcionou: errou muitos domínios que o fizeram cair, e então ser presa fácil para os defensores, e forçou passes no ataque. O atacante ficou em evidência muito por conta de que, com Everton na lateral, o jogo do São Paulo era em sua maioria por aquele lado.

Fonte: Folhapress
Foto: Thiago Calil/Agif/Estadão Conteúdo)

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Renato é demitido do Grêmio após queda na Libertadores

Publicado

em

A mais gloriosa passagem de Renato Portaluppi pelo Grêmio como treinador chegou ao fim. Em exatos 1670 dias, o maior ídolo da história do clube recolocou o Tricolor na rota dos títulos importantes depois de um hiato de 15 anos. Porém, não resistiu aos insucessos recentes, que culminaram com a eliminação na 3ª fase da Libertadores, mesmo que esteja afastado por estar com Covid-19.

Na terceira vez em que comandou o Grêmio, Renato conquistou Libertadores, Recopa, Copa do Brasil, três Gauchões, empilhou uma supremacia no clássico Gre-Nal e ainda ganhou a desejada estátua. Mas não foram apenas períodos de glória. Houve eliminações, polêmicas e outros momentos delicados.

Nesta sexta-feira, Renato irá fazer um exame RT-PCR. Se testar negativo, deve ir ao CT Luiz Carvalho nos próximos dias para ter um último contato com jogadores e funcionários do clube. E ruma ao Rio de Janeiro no começo da próxima semana.

Fonte: globo.com

Continue lendo

Esporte

4 de Julho-PI elimina o Cuiabá nos pênaltis e avança na Copa do Brasil

Publicado

em

O 4 de Julho eliminou Cuiabá da Copa do Brasil. O jogo foi realizado no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina, na noite desta quinta-feira (15). No tempo norma, as duas equipes empataram em 0 a 0 e e jogo foi decidido nas penalidades.

Com o chute de Marllon parando nas mãos do goleiro Jaílson, do time piauiense, o 4 de Julho vence, avança para a terceira fase da Copa do Brasil e ainda leva pra casa R$ 1,7 milhão. Na próxima fase, o Colorado enfrenta o América Mineiro.

Próximos jogos
O Cuiabá joga no domingo (18) contra o Dom Bosco pela 9ª rodada do Campeonato Mato-Grossense competição. Já o 4 de julho enfrenta o Picos na Arena Colorada.

Escalações
4 de Julho-PI: Jailson; André, Marcelo, Gilmar Bahia, Chico Bala; Vitor Recife, Edinaldo; Hiltinho; Ted Love, Etinho e Esquerdinha. Técnico: Flávio Araújo.

Cuiabá: Walter; Lucas Ramon, Marilon, Anderson Conceição, Uendel; Auremir, Rafael Gava; Elvis; Jonathan Cafu, Elton (Josiel). Técnico Auxiliar: Fernando Medeiros.

Da Redação
Foto: Reprodução

Continue lendo

Esporte

Vasco vence o Flamengo por 3 a 1 pelo Carioca

Publicado

em

Em clássico realizado na noite de quinta-feirae (15), no Maracanã, o Vasco venceu o Flamengo por 3 a 1, e se aproximou do G4 do Campeonato Carioca. Os gols do triunfo foram marcados por Leo Matos, Cano, que marcou neste confronto pela primeira vez, e Morato. Vitinho descontou.

Com o resultado, o Cruz-Maltino chegou a 13 pontos, mantendo ainda chances de classificação à semifinal do Estadual. O Rubro-Negro se mantém com 19, na segunda colocação, atrás do Volta Redonda, que tem 20 pontos.

A vitória fez o time de São Januário dar fim a um recente retrospecto negativo frente ao rival. O último triunfo havia sido em abril de 2016, por 2 a 1, em duelo válido pelo Estadual. De lá para cá, até esta noite, tinham sido 17 jogos, com nove empates e oito triunfos da equipe da Gávea.

O Vasco abriu o placar ainda no começo da partida. Em cobrança de escanteio de Zeca, Leo Matos subiu e, de cabeça, balançou a rede. A bola área, que vinha sendo um problema defensivo da equipe cruz-maltina, desta vez, foi favorável no ataque.

Estratégias diferentes
Enquanto o Flamengo tinha mais a posse de bola e conseguia impor um bom volume de jogo no campo de ataque, o Vasco ficava mais postado e apostava nas saídas em velocidade.

Fonte: Folhapress

Continue lendo

Popular