O Santos decidiu demitir Odair Hellmann nesta quinta-feira (22) co comando técnico da equipe. O presidente Andres Rueda e seus pares já estavam convictos sobre a demissão de Odair na noite de quarta, logo depois da derrota por 2 a 0 para o Corinthians.

O Comitê de Gestão do Santos ficou decepcionado com o desempenho após a pausa para treinamentos durante a data-Fifa. O órgão tem cinco membros: o presidente Andres Rueda, o vice José Carlos de Oliveira e os gestores Dagoberto Oliva, Rafael Leal e Renato Hagopian.

A diretoria do Santos discutirá a forma da demissão. Se não houver comum acordo, o clube terá que arcar com a multa rescisória de Odair e seus auxiliares. O contrato termina em dezembro deste ano.

O Santos deu mais tempo para Odair por confiar no trabalho e, também, pela falta de opções no mercado. Mas agora entende que precisa mudar.

Rogério Ceni, disponível no mercado após a demissão do São Paulo, divide opiniões no Santos. Nomes estrangeiros como Gabriel Heinze e Hernán Crespo agradam, mas os valores envolvidos são altos. O presidente Andres Rueda gosta muito de Fabio Carille. O Peixe ainda não fez contato com qualquer profissional.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *