A jornalista Samantha Cavalca anunciou neste terça-feira (30) pesla redes sociais sua saída da presidência do diretório regional do Partido Liberal (PL) no Piauí. Samantha foi candidata a deputada estadual em 2022 e uma das principais defensoras do ex-presidente Bolsonaro no Piauí.

Samantha afirmou que recebeu o partido do deputado estadual licenciado e atual secretário de Estado do Agronegócio, Fábio Xavier (PT), repleto de demandas jurídicas.

“Eu não recebi um partido, recebi uma bomba. O presidente anterior fez uma péssima gestão que resultou em bloqueios judiciais. Só uma das multas é superior a R$ 200 mil para com a União. Desde o final do segundo turno das eleições do ano passado, nós temos comunicado essa situação ao presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto, que não fez nada”, desabafou.

Samantha acrescentou que o partido está sem condições de funcionar ou crescer por conta dos bloqueios nas contas determinados pela justiça.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *