Conecte-se conosco

    Esporte

    Renato entrega o cargo após queda do Flamengo, mas diretoria não aceita demissão

    Publicado

    em

    Renato entrega o cargo após queda do Flamengo, mas diretoria não aceita demissão

    Na terra arrasada que se transformou o vestiário do Flamengo após a derrota para o Athletico, o técnico Renato Gaúcho se reuniu com a cúpula de futebol e colocou seu cargo à disposição.

    Já depois desse papo com a dupla, Renato foi à entrevista coletiva e defendeu a produção ofensiva de sua equipe no jogo. Já quando a fatura estava liquidada, ele foi hostilizado pela torcida e teve de ouvir gritos por Jorge Jesus.

    “É uma coisa normal no momento em que você trabalha num clube grande. O último treinador teve sucesso e outros não tiveram tanto quanto ele. Então, o torcedor sempre vai lembrar do último treinador que venceu. Faz parte da nossa profissão, não vamos ganhar todas. Ele (Jesus) ganhou merecidamente títulos importantes. Mas com relação a isso (vaias) já estou vacinado, não só aqui, mas em todos os clubes. Principalmente em um clube grande como o Flamengo”, disse ele, que acrescentou:

    “É normal as cobranças virem. Se tem algum culpado, sou eu. E as cobranças sempre vão existir em cima dos treinadores porque o torcedor é movido pela paixão”.

    Fonte: Folhapress

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Banca de Jornal

    Propaganda