A ex-deputada Rejane Dias (PT) tomou posse administrativa nesta sexta-feira (13) no Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) na vaga deixada pela aposentadoria do ex-conselheiro Olavo Rebelo.

Rejane Dias afirmou que vai desempenhar à frente da Corte de Contas, que agora passa a ter em seus quadros quatro mulheres e três homens.

“Quero agradecer, em primeiro lugar, a Deus, agradecer a minha família, ao governador Rafael e a Assembleia Legislativa que aprovou o meu nome, por unanimidade, e isso só aumenta a responsabilidade. É uma responsabilidade fazer parte do grupo tão seleto de conselheiros que têm um papel constitucional de fiscalizar e acompanhar as políticas públicas do estado do Piauí, além de julgar as contas”, destacou Rejane Dias.

A nova conselheira afirmou que a questão familiar foi determinante para assumir a vaga no TCE-PI

“Eu não imaginava também que viria essa oportunidade, esse convite para assumir essa vaga aqui no Tribunal de Contas. Pesa muito na decisão a questão da família, por ter uma filha com deficiência que precisa dos cuidados da mãe e isso também teve um peso muito grande. Além de preencher os pré-requisitos para assumir uma vaga tão importante, queria ressaltar bem isso, sou formada Administração, em Direito e mestranda em Direito Constitucional. Obviamente, que assumir uma responsabilidade como essa requer muito mais estudo, requer muito mais da Educação, mas trago uma experiência também de quem já foi gestora e de quem atuou em áreas estratégicas para o estado do Piauí”, ressaltou.

Renúncia
Rejane Dias precisou renunciar ao mandato na Câmara Federal, sendo que o suplente Mainha deve assumir o mandato até o próximo dia 31 de janeiro de 2023.

Da Redação
Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *