governador Rafael Fonteles e a primeira-dama Isabel Fonteles conheceram neste domingo (2) como o uso da tecnologia facilita no processo de adoção e apoio às crianças que estão em vulnerabilidade social na Estônia. No orfanato da capital do país, Tallinn, o casal visitou a unidade, que atende crianças com deficiência e inclusive conta com um centro de reabilitação para as que possuem necessidades especiais.

Rafael e Isabel, além de integrantes do Governo do Piauí, foram recepcionados pela gestora da instituição, Margit Randaru, que explicou o funcionamento do orfanato. O lar da criança de Tallinn é uma casa completa, com amplo espaço, inclusive na parte externa, com brinquedos e horta para as crianças. A comitiva viu a experiência estoniana tanto aquelas que são abrigadas no orfanato quanto aquelas que ficam em casas de famílias acolhedoras até conseguirem um lar de adoção.

O orfanato é o maior da região, onde há outras 27 unidades para atendimento às crianças em situação de vulnerabilidade no país.

O governador ressaltou que essa visita ao espaço de Tallinn foi muito especial.

“Isabel Fonteles, coordenadora do Pacto pelas Crianças no Piauí e eu ficamos felizes em conhecer de perto esse modelo de sucesso. Com certeza, ele servirá de inspiração para podermos implementá-lo no Piauí”, disse Rafael Fonteles.

Durante à noite, o último evento do domingo será o lançamento do programa de hidrogênio verde. O governador vai apresentar as vantagens comparativas da produção do hidrogênio verde no estado do Piauí frente a outros estados brasileiros e países latino-americanos. Ele explica que o Piauí tem as melhores condições para produção na América Latina.

Rafael Fonteles fará a apresentação para várias empresas e instituições que trabalham com hidrogênio verde na Estônia. Também será assinado um memorando de entendimento entre o governo do Piauí e Associação Estoniana de Hidrogênio Verde. Várias universidades, indústrias e empresas participarão do evento. A proposta é aproximar o hidrogênio verde do Piauí e o da Estônia.

Fonte: CCom
Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *