O governador Rafael Fonteles participou da cerimônia de formatura dos 1.104 novos policiais militares que agora passam a integrar as forças de segurança. A solenidade, que marcou a maior nomeação da história da segurança pública do Piauí, aconteceu na noite desta sexta-feira (23), no Parque de Exposições Dirceu Arcoverde.

Fonteles destaca o esforço para conseguir atender a principal reivindicação da população piauiense, no primeiro semestre da gestão.

“O povo do Piauí, claramente, mostrou que a prioridade número um é a segurança pública e a paz social, algo muito valorizado por nosso povo, que é um povo pacífico. A gente se emociona e se enche de esperança que vamos alcançar, sim, níveis toleráveis com relação aos índices de violência do nosso estado” considera.

O governador do Piauí ressalta as ações conjuntas que contribuíram para a nomeação acontecer. O processo envolveu esforços ao longo de três governos, de 2021 até agora.

“Este é um dia abençoado para mim porque pude servir ao governador Wellington Dias, como secretário da Fazenda, e ele autorizou esse concurso concretizado no dia de hoje. Demos condições financeiras para fazer a nomeação. Naquele momento eram 600 vagas, onde ampliamos para mil vagas além dos 40 oficiais. E hoje confirmo que dentro desse concursos vamos nomear 1700 novos homens e mulheres para a Polícia Militar do Piauí. Teremos mais 550 se formando até dezembro desse ano. Cumprimento a governadora Regina, que foi muito importante em autorizar o curso de formação. Eu já estava eleito e ela confiou” acrescenta.

Rafael Fonteles lembra que para agilizar a preparação dos novos policiais, a formação aconteceu em quatro polos: Teresina, Parnaíba, Picos e Floriano.

“Vocês servem à Polícia Militar, mas também servem ao povo. O que importa é a redução de vidas perdidas em função da violência. Vamos garantir a vida, em primeiro lugar, e o patrimônio das pessoas”, destaca.

Chico Lucas, secretário de Estado da Segurança Pública, aponta que este novo ciclo da vida dos novos policiais militares, beneficia toda a sociedade.

“Estes jovens estão começando a vida com muitos sonhos para serem realizados. A partir desse momento vocês têm grandes compromissos. Repousa sobre os ombros de vocês levar a história da Polícia Militar, que completa 188 anos. Mas a maior missão é selar a paz social no nosso estado, e vocês vão nos ajudar a compartilhar essa missão. O Piauí quer ver vocês trabalhando imediatamente trazendo segurança a todos nós” declara.

Para Scheiwann Lopes, comandante-geral da Polícia Militar, a segurança do Piauí ganha um reforço providencial com a juventude que agora ingressa na instituição.

“Vocês passaram por um concurso difícil, etapas de testes seletivos de diversas modalidades. Um curso de formação duro, justamente para formá-los e molda-los para o que vão enfrentar a partir de hoje. Vamos fazer justiça, porque Deus é bom, generoso e sábio. A sociedade aposta e tem esperança nestes soldados”, declara.

Emoção
A marcha dos policiais trouxe brilho aos olhos dos formandos e familiares. C. Bezerra, nova policial que ficou em primeiro lugar na formação de Teresina e segundo lugar geral, comemorou este momento. “Foram muitas noites sem dormir estudando, mas agora vai valer a pena. É o momento de agradecer” considera.

Fonte: CCom
Fotos: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *