O governador Rafael Fonteles anunciou, nesta segunda-feira (15), a realização de concursos públicos para cargos de nível médio e superior para a Universidade Estadual do Piauí (Uespi). Ao todo, serão 160 vagas ofertadas para o quadro efetivo da instituição, sendo 85 para docentes e 75 para técnicos. O investimento total é de R$ 7.991.203,81.

Os concursos fazem parte das melhorias anunciadas pelo governador ainda no início de sua gestão. Considerada uma das prioridades, a Uespi já foi beneficiada, anteriormente, com a ampliação e reajuste de bolsas de pesquisa e auxílios alimentação e moradia. A instituição também teve investimento de R$ 66 milhões anunciado para ampliação, modernização e reforma de 12 campi da universidade, sendo dois em Teresina e outros 10 no interior. Em breve, serão anunciados, ainda, novos cursos sintonizados com o setor produtivo e as potencialidades do Piauí.

Segundo o governador, grandes investimentos na Uespi e na educação piauiense em todos os níveis são imprescindíveis para o desenvolvimento do estado.

“Não existe crescimento sem investir em educação, ciência, tecnologia e inovação, por isso temos trabalhado bastante para desenvolver a nossa educação, com escolas em tempo integral e com a nossa Uespi cada vez maior, moderna e forte”, disse Rafael Fonteles.

Os certames anunciados pelo governador buscam admitir 39 professores em regime de tempo integral – TI (40h) e outros 46 de tempo parcial – TP (20h). Das 85 vagas ofertadas, 60 são direcionadas a professores auxiliares (especialistas) e 25 para assistentes (mestres). Em relação aos profissionais técnicos, o concurso busca a contratação de 30 analistas de gestão administrativa universitária (nível superior) e mais 45 assistentes (nível médio). Após o resultado e a nomeação dos profissionais aprovados, prevista para o fim deste ano, a Uespi saltará de 910 professores efetivos para 995. Além disso, eleva o número de profissionais técnicos de 311 para 386.

Segundo o reitor da Uespi, Evandro Alberto, aumentar o quadro efetivo da instituição irá proporcionar melhores condições de aprendizagem aos alunos, além da prestação de melhores atendimentos e serviços ao público em geral.

“Os concursos têm como objetivo prover a quantidade de professores necessária para melhor atender aos nossos alunos, suprindo determinados campi e cursos em que há essa necessidade. Além disso, iremos recompor o nosso quadro de técnicos, com o objetivo de atender melhor a todos”, disse o gestor.

Fonte: CCom
Foto:: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *