Conecte-se conosco

Cidades

Profissionais de saúde paralisam atividades em Teresina

Publicado

em

Profissionais de saúde paralisam atividades em Teresina

Os profissionais de saúde de Teresina fizeram nesta terça-feira (2) uma paralisação das atividades por conta de descontos nos contracheques dos profissionais. O protesto foi em frente à Prefeitura de Teresina.

O presidente da Senatepi, Erick Riccely, afirmou que a categoria está apenas lutando pelos seus direitos, já que estão na linha de frente da Covid-19.

“Aqui não é por aumento, nem por reajuste salarial, é por corte de salários, imagina você trabalhar o mês inteiro na saúde, cuidando de vidas, colocando a sua vida em risco e no final do mês você ver o seu contracheque com R$ 547, é isso que está acontecendo. Então a nossa preocupação aqui é que essa paralisação não aconteça, o Sindicato quer negociar, o Sindicato quer conversar com o gestor, quer sentar com o vice-prefeito, com o prefeito, com o presidente da FMS e resolver esse impasse.

Conforme Erick Riccely, a paralisação é uma forma para que o trabalhador tenha seus direitos mantidos

“A paralisação é um remédio que as vezes a gente tem que utilizar porque a única força que o trabalhador tem é a sua força de trabalho, mas hoje eles estão enfraquecidos, porque não conseguem sequer comprar alimentos. Imagina no momento de pandemia receber R$ 547 depois de ter cuidado de milhares de pacientes, ter trabalhado o mês inteiro, pegar ônibus cedo e nem o ônibus nesse momento ter”, declarou.

Da Redação

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda