Conecte-se conosco

Cidades

Presidente do TJ-PI inaugura novo fórum de Esperantina nesta segunda-feira

Publicado

em

O presidente do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), desembargador Sebastião Ribeiro Martins, inaugura, nesta segunda-feira (4), o novo fórum da comarca de Esperantina, que leva o nome do ex-deputado federal Themístocles Sampaio. O investimento foi de aproximadamente R$ 4,6 milhões, feito com recursos oriundos do Fundo de Modernização e Reaparelhamento do Poder Judiciário do Estado do Piauí (Fermojupi). A solenidade será restrita a convidados, em virtude da pandemia de Covid-19, e será transmitida, a partir das 18h, via Canal do TJ-PI no Youtube e TV Assembleia.

O fórum está situado em prédio cedido pela Prefeitura Municipal, com área de 1.968,76 m². A fachada teve sua arquitetura preservada, sendo feitas reformas na estrutura interna e adequações às exigências atuais. Foram construídos, ainda, dois blocos: um para o Tribunal do Júri e salas correlatas, e outro para funcionamento de duas varas, compostas por secretaria, sala de audiência, gabinete de juiz, sala para assessores e recepção, e um Juizado Especial Cível e Criminal, além de salas para oficiais de justiça, protocolo geral, recepção, salas para Ministério Público, Defensoria Pública e OAB.

A sede do Judiciário na comarca de Esperantina leva o nome do ex-deputado federal Themístocles Sampaio. Natural de Esperantina, o homenageado foi professor, comerciário e comerciante, contador, promotor, advogado e fiscal previdenciário, além de tabelião substituto, secretário de Serviços Urbanos da Prefeitura Municipal de Teresina, subsecretário de Segurança do Estado do Piauí, diretor-geral do Detran-PI e deputado estadual por três legislaturas. Já o JECC leva o nome de Édison Rebêlo Carvalho, ex-prefeito de Esperantina, advogado, ex-juiz substituto e tabelião público.

“Essa é a última obra que entregamos em nossa gestão. Um fórum moderno, funcional e confortável, que proporcionará melhores condições de trabalho a juízes, servidores e demais operadores do Direito, além de um melhor atendimento ao jurisdicionado”, afirmou o desembargador Sebastião Ribeiro Martins.

Fonte: Ascom