Conecte-se conosco

Brasil

Prédio de quatro andares desaba no Rio de Janeiro

Publicado

em

Prédio de quatro andares desaba no Rio de Janeiro

Um prédio de quatro andares localizado em Rio das Pedras, Zona Oeste do Rio de Janeiro, desabou na madrugada desta quinta-feira (3). As primeiras informações apontam que, até as 6h50, três pessoas haviam sido socorridas e os bombeiros tentavam resgatar outras três pessoas presas aos escombros.

O prédio que desabou fica na Rua das Uvas, esquina com Avenida Areinhas. Ruas no entorno do foram interditadas para os trabalhos de resgate.

Até 7h15, os bombeiros não haviam confirmado mortes no local. Também não havia informações sobre quantas pessoas estavam no imóvel na hora do desabamento.

Inicialmente, o Corpo de Bombeiros havia falado em 12 pessoas resgatadas. A informação foi atualizada pelo comandante da corporação, coronel Leandro Monteiro, que confirmou o resgate de apenas três vítimas e que pelo menos outras três – um homem, uma mulher e uma criança – estariam sob escombros aguardando o resgate.

Segundo o coronel, seis ambulâncias estão no local e uma aeronave da corporação está próxima. Ao todo, 112 bombeiros estão envolvidos nos trabalhos de busca e resgate.

“A maior dificuldade é conscientizar os moradores dos prédios vizinhos a deixarem suas casas e seguirem para um local seguro”, enfatizou.

A Defesa Civil está no local e os técnicos avaliam os danos que foram causados em outros quatro imóveis, vizinhos ao que desabou – um ao lado direito e três em frente.

Equipes de três quartéis do Corpo de Bombeiros – Barra da Tijuca, Alto da Boa Vista e Jacarepaguá – trabalham no local à procura de vítimas. Equipes da Assistência Social, Defesa Civil e Guarda Municipal também foram deslocados para a região.

Moradores de imóveis vizinhos disseram que começaram a ouvir estalos por volta de 2h e o imóvel ruiu por volta de 3h20. Também relataram que, após o desabamento, houve um incêndio no local. O fogo foi controlado pelos bombeiros.

Fonte: globo.com

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda