Conecte-se conosco

    Cidades

    Polícia prende mulher acusada de comprar veículo com documentação falsa

    Publicado

    em

    Polícia prende mulher acusada de comprar veículo com documentação falsa

    A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (18) uma mulher identificada como Kelsilene Daniela Campos, acusada de utilizar documentação de um empresário de Teresina para comprar uma caminhonetano valor de R$ 320 mil, financiado e sem entrada, em nome do empresário. Ao todo, o valor final do veículo, já financiado, chegou a R$ 585 mil.

    O delegado Ademar Canabrava, titular do 12º Distrito Policial, afirmou que há cerca de 15 dias o empresário registrou um Boletim de Ocorrência, denunciando que seu nome havia sido usado irregularmente para a compra de um veículo no valor de R$ 320 mil.

    “Usando uma Carteira de Habilitação com os dados do empresário, mas com a foto diferente da vítima, um homem comprou essa Amarok há 15 dias, mas quem veio receber foi outro integrante da quadrilha, que foi embora com o carro. Como nós já estávamos trabalhando há 15 dias em cima desse caso, ontem, por volta de 3h20 da madrugada, ela [Kelsilene] desembarcou no aeroporto, se hospedou em Timon e de lá se dirigiu para a Alemanha Veículos para receber o carro. Como ela estava pronta para receber o carro, a gente a abordou e aqui na delegacia ela declinou como funcionava o esquema. Ela foi autuada por estelionato, uso de documento falso e mais tarde passa por audiência de custódia”, explicou.

    De acordo com delegado, a quadrilha tem atuação em todo Brasil.

    “Essa quadrilha é nacional. A mulher vem de avião, de outro estado com tudo pago, e chega só para levar o carro. A gente vai continuar investigando para saber quem mais está envolvido nesse golpe. Nós vamos chegar ao restante da quadrilha e identificar quem é o chefe não vai ficar apenas nisso”, destacou.

    Da Redação
    Foto: PC-PI

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular