A Polícia Civil do Piauí, por meio do Departamento de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO), prendeu nesta terça-feira (4) Filipi Wanderson Oliveira da Silva, conhecido como “Manga Rosa”, acusado de ser um dos executores do adolescente Erieldson Ribeiro da Silva, de 14 anos. O acusado foi preso no município de Anísio de Abreu, no Sul do Piauí.

O adolescente Erieldson Ribeiro foi encontrado morto no dia 22 de junho, na região do bairro Aroeiras, zona Norte de Teresina, após os criminosos compartilharem com a família da vítima o vídeo da execução.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito fugiu para a cidade de Anísio de Abreu logo após a divulgação do vídeo. Filipi foi encontrado pelos policiais na casa de parentes da namorada, que também foi conduzida à delegacia e autuada por favorecimento pessoal.

O delegado Charles Pessoa, coordenador do DRACO, afirmou que os policiais realizaram movimentação no interior do Piauí com o objetivo de cumprir o mandado de prisão temporária expedido contra o acusado.

“A equipe do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), sob a liderança do delegado Jorge Terceiro, conduziu as investigações do homicídio, que resultaram na identificação de dois suspeitos com possível participação no crime: Filipi Wanderson Oliveira da Silva e Everton Rodrigo Pedreira Santos, também conhecido como “Gongo”, que continua foragido”, destaca.

A prisão também contou com o apoio da 8ª Delegacia Regional de São Raimundo Nonato, da Polícia Militar do Piauí e da Diretoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *