A Polícia Federal cumpriu nesta quinta-feira (25) dois mandados de busca e apreensão com o fim de investigar suposto esquema criminoso especializado em falsificações de documentos relativos aos financiamentos estudantis, causando prejuízo ao Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior – FIES.

De acordo com a PT, os investigados seriam responsáveis por uma série de fraudes cometidas no programa do Ministério da Educação, custeado com verbas da União, principalmente na falsificação de comprovantes de renda visando a obtenção dos empréstimos estudantis. Até o momento não há indícios da participação de servidores públicos no esquema.

A denominada Operação Falso Holerite mobilizou Policiais Federais para o cumprimento dos mandados expedidos pelo Juízo da 3ª Vara Federal de Teresina/PI em dois endereços da capital do Piauí.

A Polícia Federal informou que os  investigados serão ouvidos e poderão responder pelos crimes de associação criminosa, falsificação e uso de documento falso.

Com informações da Ascom
Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *