A Polícia Civil do Piauí prendeu um homem e uma mulher no último domingo (16) acusados de operarem um centro logístico de armazenamento e distribuição de entorpecentes, responsável pelo fornecimento de drogas a toda macrorregião de Picos, no Sul do Piauí, e municípios de outros Estados.

De acordo com a Polícia Civil, um homem identificado pelas iniciais R.S.P, foi preso quando chegava a um apartamento. Ele é recém egresso do sistema prisional tendo permanecido aproximadamente 11 anos preso em virtude de outras práticas criminosas.

Um segundo homem ainda não identificado que compareceu ao local conduzindo a motocicleta com o nacional R. S. P., conseguiu se evadir do local em alta velocidade, toda ação foi registrada em imagens pela equipe que cercou o imóvel durante a campana.

Já a mulher identificada pelas iniciais A.F.S.B era diretamente responsável pelo imóvel, é recém formada do curso de Pedagogia da Universidade Federal do Piauí de Picos/PI e residia no local com seus filhos, na presença dos quais exercia tal atividade criminosa grave.

No local foram apreendidos entorpecentes avaliados em mais de meio milhão de reais:
– 47 tabletes de maconha Skunk;
– Cinco tabletes de Crack;
– Seis tabletes de Cocaína;
– Um Aparelho Celular;
– Uma Balança de grande porte;
– Uma Balança de pequeno porte;

“A unidade policial DFHT de Picos/PI afirma que posteriormente todos os envolvidos serão devidamente identificados, assim como sua função dentro da organização será definida conforme continuidade das investigações”, explica o delegado de polícia Agenor Júnior.

Conforme a Polícia Civil, a ação policial foi desenvolvida pela Delegacia de combate às Facções Criminosas, Homicídios e Tráfico de Drogas de Picos/PI (DFHT), através da equipe investigação, Gerência de Inteligência da Polícia Civil (GIPC) e Núcleo de Operações com Cães (NOC).

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *