A Polícia Civil do Piauí, por meio da Delegacia de Cocal a Estação, com o apoio operacional da Guarda Municipal, prendeu nesta quarta-feira (07) um homem identificado Antônio Carlos Silva Brito, de 48 anos, acusado de matar a ex-esposa, Clotildes Cardoso, de 26 anos, grávida e na presença de um dos filhos do casal. A prisão ocorreu na zona rural da cidade de Esperantina, na região Norte do estado.

De acordo com a Polícia civil, o crime ocorreu no último dia 8 de abril deste ano, na localidade Cajueiro, zona rural de Cocal da Estação, a 266 km de Teresina. A vítima, conforme laudo de exame necroscópico, morreu ainda no local do crime, após duas perfurações por faca, constatadas nas regiões do tórax, próximo ao peito direito, e abdome.

“O motivo consistiu no fato de a vítima ter procurado regulamentação e reparação, junto ao Poder Judiciário, dos valores pagos a título de pensão alimentícia em favor dos dois filhos, já que o indiciado havia reduzido o valor pago unilateralmente. Dessa maneira, ao tomar conhecimento da existência de ação de alimentos movida em seu desfavor, o indiciado perseguiu a vítima, em via pública da localidade Cajueiro, local onde a derrubou da motocicleta, com o uso do próprio carro e proferiu golpes de faca sobre a vítima, mesmo depois de ela ter dito a ele que estava grávida”, desta a Polícia Civil.

A Polícia Civil informou que durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão cumprido na residência onde o indiciado estava escondido foram apreendidos aparelhos celulares, um deles com registro de furto.

Com informação da Ascom
Foto: Rede social

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *