A Polícia Civil do Piauí prendeu nesta quinta-feira (29) Apolinário Lopes, acusado de balear o tenente da Polícia Militar do Piauí (PM-PI), Madslan Sousa, na última terça-feira (27), durante cumprimento de mandado de busca e apreensão, se apresentou de forma voluntária a autoridade policial.

De acordo com a Polícia Civil, os termos da apresentação foram negociados com o titular da Delegacia de Parnaíba, delegado Ayslan Magalhães, e o advogado do autor.

A prisão preventiva foi efetuada na cidade de Madeiro (PI), na tarde desta quinta-feira (29/06), sendo que o acusado responderá por tentativa de homicídio qualificado contra policial militar em serviço.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *