A Polícia Militar do Piauí (PM-PI), através do 1º Batalhão da Polícia Militar, segue intensificando o policiamento no Centro de Teresina, sobretudo, em pontos que requer mais atenção devido ao grande fluxo de pessoas, tais como paradas de ônibus e agências bancárias. Segundo o Major Wilton, comandante do 1º BPM, esse policiamento ostensivo em locais específicos do Centro da capital é uma das estratégias adotadas pela PMPI, visando evitar as atuações de lanceiros e ‘saidinhas de banco’, dentre outros tipos de crimes, bem como favorecer uma maior aproximação entre polícia e comunidade.

“Os locais que aglomeram um maior número de pessoas, como paradas de ônibus e instituições bancárias, estão recebendo reforço no policiamento. O objetivo é evitar as atuações das lanceiras, saidinhas de bancos e de outros tipos de crimes que porventura possam acontecer aqui no centro da cidade, com o intuito de servir e proteger as pessoas”, explica.

O Batalhão de Rondas Ostensivas de Natureza Especial (BPRone), o Ciclopatrulhamento e a Patrulha Maria da Penha, dentre outras unidades operacionais, têm dado apoio a esse reforço do policiamento ostensivo nas paradas de ônibus e em agências bancárias do centro da cidade.

“Aqui no centro da cidade estamos recebendo apoio das unidades operacionais como o BPRone, o policiamento de bicicleta, o policiamento da Patrulha Maria da Penha e as demais unidades. Então, estamos fazendo o policiamento ostensivo nas paradas de ônibus, nas agências bancárias, tendo em vista que muitas pessoas estão indo até o banco para sacar o salário. A aceitação do policiamento aqui no centro junto ao Posto de Comando, instalado na Praça da Bandeira, tem sido muito positiva. Essas ações têm sido muito proveitosas para a Polícia Militar, porque a satisfação da sociedade é grande. Todas as pessoas que passam agradecem por estarmos aqui. A sensação de segurança é muito grande e as pessoas se sentem satisfeitas em estarem próximas da Polícia Militar, e isso é o que faz a PM e a sociedade avançarem juntos”, enfatiza.

Fonte: CCom
Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *