Pelo segundo mês consecutivo, o Piauí é o estado que mais gera empregos com carteira assinada na região nordeste. Dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) relativos a abril, indicam um saldo positivo de 1.883 vagas, na evolução das admissões e demissões de trabalhadores que atuam de acordo com o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) no estado. A variação de 0,59 por cento no estoque total de empregos, superou o acumulado dos estados nordestinos (0,16) e a média do Brasil (0,42).

O setor de serviços se destaca como o que atingiu melhor saldo entre contratados e desligados, com 577 postos de trabalho. Na sequência vem os setores da construção (539), comércio (487), indústria (249) e agropecuária (31).

O governador Rafael Fonteles ressaltou que o Piauí está repetindo um feito alcançado em março e comemorou os resultados. “Todos acompanham a nossa luta, com a prioridade para gerar emprego e renda no nosso estado. Temos mantido diálogo, recebido empreendedores daqui e de fora, apoiando cadeias produtivas que fomentem o trabalho e a geração de riquezas. Os dados comprovam que estamos no caminho certo”, avalia Fonteles.

Fonte: CCom
Foto: Arquivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *