Conecte-se conosco

Cotidiano

Piauí lança campanha de coleta de DNA para encontrar familiares desaparecidos

Publicado

em

Piauí lança campanha de coleta de DNA para encontrar familiares desaparecidos

A Secretaria Estadual de Segurança Pública, por meio da Polícia Civil do Piauí lança nesta segunda (7) a Campanha de COLETA DE AMOSTRAS BIOLÓGICAS DE FAMILIARES DE PESSOAS DESAPARECIDAS no Piauí às 10 horas na sede do DHPP – Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

A Campanha acontece em todo o país e foi lançada dia 25 de maio pela SENASP – Secretaria Nacional de Segurança Pública através da RIBPG – Rede Integrada de Bancos de Perfis Genéticos, a data é referente ao dia Internacional da Criança Desaparecida. No Piauí, a campanha está sendo coordenada pelo Instituto de DNA Forense do Piauí e tem por objetivo inicial, a coleta de amostras biológicas de familiares de pessoas desaparecidas para exame de DNA e, posterior, inclusão nos bancos de perfis genéticos, bem como o encaminhamento pelas famílias das amostras de referências diretas da vítima desaparecida (ex. escova de dentes, aparelho de barbear). Durante a campanha, ocorrerá uma semana de mobilização nacional que vai do dia 14/06 a 18/06/2021, tendo como dia central de ação (dia D), o dia 16/06/2021.

No Piauí, os familiares de primeiro grau devem procurar as Delegacias Regionais elencadas abaixo para realizar registro policial, bem como para o preenchimento de Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Após essa primeira ação, os familiares serão encaminhados para os núcleos de perícia mais próximos. Em Teresina, o responsável pela registro policial será o DHPP, onde funciona a Delegacia Especializada em Pessoas Desaparecidas, e após registro, serão encaminhados para o IDNA, IML ou ao Centro de Atendimento da Polícia Federal.

Atenção: Devem ser requeridas, preferencialmente, o comparecimento de dois familiares em primeiro grau, seguindo a ordem de preferência:
◦ (1) pai e mãe;
◦ (2) filho (a) e cônjuge (pai/mãe do filho);
◦ (3) irmãos. No caso de irmãos, quantos forem possíveis.

Acrescentamos que o procedimento de coleta é indolor e não invasivo e que os familiares podem apresentar inclusive objetos de uso pessoal da pessoa desaparecida, tal como, escova de dentes, aparelho de barbear, entre outros.

Confira abaixo os endereços para atendimento e maiores informações podem ser acessadas no site www.gov.br/mj/desaparecidos ou pelo e-mail [email protected] ou, no Piauí, diretamente com o IDNA através do número 86 99455-2115.

Fonte: Ascom/SSP

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda