O Palmeiras venceu o São Paulo por 2 a 0 neste domingo (11), no Morumbi, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols foram de Gabriel Menino e Endrick em duas falhas de Arboleda.

O clássico teve protagonismo de Arboleda, numa das piores atuações do zagueiro pelo São Paulo. O equatoriano errou duas saídas de bola, uma em cada tempo, e ofereceu os gols para Gabriel Menino e Endrick. Nos minutos finais, a torcida tricolor gritou o nome do defensor.

O jogo foi equilibrado no primeiro tempo, mas o São Paulo criou as principais chances da etapa final até Endrick ampliar. O Palmeiras se segurou com boas defesas de Weverton e a ajudinha do travessão em cabeceio do “vilão” Arboleda.

O clássico foi muito nervoso dentro e fora de campo. No primeiro tempo, o técnico Abel Ferreira se estranhou com o atacante Calleri e levou mais um cartão amarelo.

O Palmeiras segue na vice-liderança, com 22 pontos, e a dois do Botafogo. O São Paulo continua no oitavo lugar, com 15. A 10ª rodada manteve os paulistas no mesmo lugar da tabela.

As equipes agora terão descanso por causa da data Fifa. O São Paulo voltará a campo para enfrentar o Athletico, dia 21, novamente no Morumbi. No mesmo dia, o Palmeiras visitará o Bahia na Fonte Nova.

Como foi o jogo
O São Paulo começou melhor no Morumbi, mas teve duas duchas d’água fria em 10 minutos: um pênalti não marcado e o gol do Palmeiras para abrir o placar.

Aos dois minutos, Luciano chutou forte e a bola bateu no braço de Mayke. Raphael Claus deu pênalti com convicção, mas foi ao vídeo, viu que o lateral-direito tocou com a cabeça antes e foi corrigido pelo VAR.

No minuto 10, o letal Palmeiras aproveitou um erro triplo do São Paulo: Alisson tocou na fogueira para Arboleda, que passou pior ainda. Gabriel Menino deixou Gabi Neves no chão em um corte seco e chutou de fora da área no ângulo de Rafael. 1 a 0.

Logo depois, aos 14, uma confusão. O técnico Abel Ferreira não gostou de entrada de Calleri por trás em Mayke e foi para cima do atacante do São Paulo, ficando cara a cara. O treinador levou cartão amarelo.

Com a desvantagem, o São Paulo se lançou ao ataque, mas não teve espaço suficiente para assustar Weverton. A exceção foi um chute de Luciano de longe e bem defendido pelo goleiro palmeirense.

No segundo tempo, o São Paulo voltou melhor e deu mais trabalho para a boa defesa palmeirense. Calleri e Luciano assustaram nos primeiros minutos, mas foi Arboleda, aos 14, quem passou mais perto. O zagueiro cabeceou no travessão após escanteio cobrado por Michel Araújo.

O sistema defensivo do Palmeiras sentiu a ausência de Naves, que teve problema muscular. O volante Jailson foi improvisado na função, e a necessidade fez o São Paulo criar oportunidades com mais facilidade. Mesmo assim, o Verdão se segurou e ainda ampliou o placar.

Aos 32 minutos do segundo tempo, Arboleda errou novamente na saída de jogo e serviu Endrick, que estufou as redes de Rafael. 2 a 0 e vitória alviverde confirmada.

Fonte: Folhapress
Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *