O Palmeiras manteve a sua série invicta e bateu o Grêmio por 4 a 1, no Allianz Parque, pela quinta rodada do Brasileirão.

Raphael Veiga, duas vezes, Mayke e Luan marcaram para o time da casa. Os gols saíram aos 23 minutos do primeiro tempo; aos 9, aos 23 e aos 28 da segunda etapa.

Bitello fez para o Tricolor gaúcho, nos acréscimos antes do intervalo.

O Alviverde chegou a 13 pontos e assume provisoriamente a liderança do campeonato — a equipe pode ser ultrapassada pelo Botafogo, que tem 12 e enfrenta o Corinthians amanhã (11). O Grêmio, por sua vez, está em 7º na tabela, com oito pontos.

Os comandados por Abel Ferreira estão há 27 jogos sem perder no estádio palmeirense. A última derrota do time no Allianz ocorreu em julho do ano passado, diante do Athletico-PR

O Palmeiras volta a campo no sábado (13) para enfrentar o Bragantino, também em casa, pela 6ª rodada. Já o Tricolor gaúcho recebe o Fortaleza no dia seguinte (14).

Curiosidade: Veiga balançou a rede pela quarta partida consecutiva e chegou ao seu décimo tento em 2023, isolando-se ainda mais da artilharia do time na temporada.

Veiga artilheiro e atropelo no Allianz
O Alviverde foi superior e poderia ter aumentado a vantagem ainda no primeiro tempo. Os palmeirenses não conseguiram traduzir o volume criado em gols e viram o goleiro Grando protagonizar uma série de defesas.

O Grêmio, no entanto, arrancou o empate nos acréscimos. Os visitantes marcaram no segundo chute ao gol adversário.

Os mandantes retomaram o controle do jogo e decretaram a goleada após o intervalo. Já o Tricolor não voltou a levar perigo à meta de Weverton — a equipe não contou com Suárez, que foi poupado pela sequência e pelo gramado sintético.

Mencionado em esquema de apostas esportivas, Nathan foi opção no banco do Grêmio. Ele foi acionado pelo técnico Renato Portaluppi no decorrer do segundo tempo.

O Palmeiras conquistou a sua décima vitória seguida no Allianz, igualando o recorde em sua casa estabelecido entre janeiro e abril de 2022. Além disso, são dez jogos sem perder desde a derrota para o Bolívar, no início de abril.

Gols e destaques
Primeira chegada. Aos 5, Mayke chegou no fundo pela direita e cruzou. A bola sobrevoou a área e chegou até Piquerez, que bateu rasteiro, e Grando defendeu.

Contra-ataque quase mortal. Aos 7′, Weverton repôs rápido e iniciou um contra-ataque com Dudu, que carregou desde a intermediária e acionou Artur. O camisa 14 chutou da entrada da área, e Grando resvalou para fazer a defesa.

1×0. Aos 23′, Dudu inverteu o jogo com Mayke, que cruzou e encontrou Veiga. O camisa 23 subiu entre dois defensores e cabeceou para inaugurar o placar.

Chamou para dançar. Aos 35′, Dudu partiu para cima de Kannemann e sambou diante do marcador na área, mas finalizou contestado, e Grando defendeu sem dificuldades.

1×1. Aos 47′, Bitello teve espaço e avançou pelo meio. Ele quase se desequilibrou, mas bateu colocado e acertou o ângulo. Weverton chegou a encostar na bola, mas não conseguiu desviar.

Grando salva. Aos 3′ do segundo tempo, Artur cruzou e Rony mergulhou de peixinho. A bola ainda desviou, e Grando defendeu no reflexo.

Pênalti e 2×1. Aos 9′, o Palmeiras mandou uma bola para a área, Luan desviou de cabeça e a bola bateu no braço de Uvini. O árbitro marcou pênalti na hora. Veiga foi para a cobrança, deslocou o goleiro e acertou o meio do gol.

3×1. Aos 23′, Mayke recebeu na entrada da área e tocou para Rony. Kannemann consegue travar o chute, mas o próprio lateral se antecipou para ficar com a sobra e tocou no contrapé de Grando para ampliar o placar.

4×1. Aos 28′, Veiga recebeu na esquerda e cruzou. A bola passou por toda a área e foi parar no pé de Luan, na segunda trave, que precisou apenas empurrar para o gol escancarado.


Fonte: Folhapress
Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *