O Palmeiras perdeu neste sábado a chance de assumir a liderança provisória do Campeonato Brasileiro. Depois das goleadas contra Goiás e Grêmio e de chegar a dez vitórias seguidas em seu estádio, o Verdão ficou no empate por 1 a 1 com o Bragantino, no Allianz Parque, em um jogo com boas chances para os dois lados. Artur (olha a Lei do Ex!) e Juninho Capixaba, num ótimo chute de longe, marcaram no segundo tempo.

Com o resultado, o Palmeiras chega aos 14 pontos, em segundo lugar e não consegue ultrapassar o líder Botafogo. O time do Rio Janeiro abre a rodada com 15 pontos e ainda enfrenta o Goiás, neste domingo, em Goiânia. O Bragantino tem agora sete pontos, em 13º, ainda longe da briga pelas primeiras posições.

O Bragantino começou o jogo forçando a marcação sobre a defesa do Palmeiras e logo no primeiro minuto perdeu grande chance. Eric Ramires apareceu livre na área para desviar o cruzamento de Hurtado, mas mandou para fora. O Palmeiras, aos poucos, encaixou seu jogo e ganhou espaço. Veiga, aos 13, quase fez um belo gol em chute cheio de veneno que passou perto da trave direita de Cleiton. O jogo, então, ficou aberto. O Massa Bruta respondeu, aos 24, com cabeceio perigoso de Eduardo Sasha. Pouco depois, aos 27, Luan subiu muito também de cabeça, e a bola bateu no travessão. Gabriel Menino ainda levou perigo em chute de fora da área, aos 31, para boa defesa do goleiro. Apesar das chances, ninguém conseguiu marcar.

O Palmeiras voltou mais incisivo e criou boas chances. Na melhor delas, após boa defesa de Cleiton em cabeceio de Rony, Artur pegou o rebote e, também de cabeça, mandou na trave. Abel mexeu no ataque com as entradas de Breno Lopes e Endrick nas vagas de Dudu e Rony, respectivamente. Aos 19, a “Lei do Ex” entrou em ação. Gómez desviou o escanteio batido por Veiga, e a bola sobrou na segunda trave para Artur completar. Mas o Bragantino não estava morto. Juninho Capixaba, aos 25, acertou um lindo chute de fora da área e mandou a bola no ângulo direito de Weverton para empatar. O Palmeiras, então, foi para cima. Endrick e Richard Ríos tiveram boas oportunidades, mas não conseguiram marcar. Nos minutos finais, o Verdão se lançou ao ataque e abriu espaços na defesa. Aos 47, Alerrandro recebeu livre na área, mas errou o chute e perdeu a chance de dar a vitória ao Bragantino.

Fonte: globo.com
Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *