O Palmeiras venceu o Cerro Porteño por 3 a 0, hoje (24), fora de casa, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores.

Rony foi o nome do jogo no estádio General Pablo Rojas com um gol e duas assistências. O atacante quebrou um jejum de 12 partidas sem marcar.

Artur, responsável pelos outros dois gols do Palmeiras, também foi destaque na partida.

Com a vitória, o Palmeiras chegou aos nove pontos e aparece no segundo lugar do Grupo C, empatado com o Bolívar, que tem saldo de gols melhor. O Cerro, por sua vez, segue com três, no último lugar da chave.

Com seis pontos de vantagem para o Barcelona-EQU e para o Cerro, o Palmeiras precisa apenas de um empate nos dois próximo jogos da fase de grupos para garantir classificação ao mata-mata.

Como foi o jogo
O jogo começou com o Cerro Porteño pressionando o Palmeiras. Pelo lado esquerdo do ataque, o time paraguaio tentou explorar as costas de Mayke com a velocidade de Carrizo.

A pressão inicial do Cerro, no entanto, foi atrapalhada pela expulsão de Báez após solada no joelho de Artur em um carrinho. O técnico Facundo Sava, buscando recompor a defesa, substituiu Carrizo.

Com superioridade numérica, o Palmeiras passou a ser superior também na técnica. Dominando o meio de campo, o Verdão abriu o placar justamente pressionando os passes do Cerro.

Depois de sair na frente, o Verdão empilhou chances para ampliar o placar ainda no primeiro tempo, mas parou em defesas de Jean e em um erro de Rony.

O Palmeiras voltou para a segunda etapa administrando o tempo com a bola nos pés, mas não deixou de ser agressivo, principalmente em velocidade.

Foi justamente em lances rápidos que o Verdão conseguiu ampliar o seu placar. Se movimentando entre a defesa adversária, Rony participou diretamente das jogadas e se tornou o nome da partida.

Nos minutos finais, o Palmeiras teve a expulsão de Richard Ríos após o colombiano acertar o braço no rosto de Cardozo. Com a igualdade numérica, o Cerro tentou descontar, mas parou nos erros de finalização e em Weverton.

Fonte: globo.com
Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *