Conecte-se conosco

Esporte

Neymar renova com o PSG que agora mira Messi e Mbappé

Publicado

em

Neymar renova com o PSG que agora mira Messi e Mbappé

Neymar assinou renovação contratual com o Paris Saint-Germain até 2025. A informação do jornal francês L’Équipe foi confirmada pelo UOL Esporte. O anúncio oficial foi feito por volta das 10h de Brasília, num (novo) duro golpe do brasileiro nas pretensões do Barcelona. Em reestruturação, o clube catalão apostava alto no retorno do camisa 10.

Assim como em 2017, quando deixou o Barça, Neymar optou por Paris por identificar no clube francês uma estrutura mais sólida —e rica— para competir em alto nível nos próximos anos. Isso passa por garantias do PSG ao brasileiro de que agora vai se concentrar na renovação de Kylian Mbappé, que tem contrato até julho de 2022, e ainda tentar trazer Lionel Messi, que estará livre no mercado em dois meses.

Neymar confia que o PSG será presença constante nas fases finais da Liga dos Campeões. Assim, terá mais oportunidade de conquistar o tão cobiçado prêmio de melhor jogador do mundo.

Neymar tem obsessão pelo título da Liga dos Campeões. Muito por conta disso, as duas primeiras temporadas no Paris Saint-Germain (2017-2018 e 2018-2019), com queda nas oitavas de final, deixaram o atacante desiludido e, consequentemente, arrependido da saída do Barcelona.

A tentativa de volta ao ex-clube foi frustrada, mas o cenário de esperança logo se modificou com o PSG atingindo a final diante do Bayern de Munique, em 2020. O time perdeu a decisão por 1 a 0, mas Neymar comentou estar satisfeito diante da nova realidade do clube francês de participar de jogos decisivos. Nessa temporada, a queda na semifinal para o Manchester City não o abalou ao ponto de pensar em futuro longe do clube francês.

“Quando cheguei ao PSG, o objetivo sempre foi ganhar a Champions League. Chegamos à primeira final da história do clube na temporada passada e somos uma equipe que ainda está em progresso. Temos todos os ingredientes para o vencer: jogadores, time … Trabalhamos muito e o ambiente é ótimo. Estamos perto da conquista”, disse Neymar na véspera de iniciar o confronto de semifinal contra o Manchester City.

O Paris Saint-Germain arma o elenco ao redor de Neymar. As renovações realizadas recentemente foram de dois de seus melhores amigos: Keylor Navas e Di Maria. A vinda do treinador argentino Mauricio Pochettino também foi pensada para que o brasileiro pudesse dialogar mais com o comandante do time.

Barça x PSG agora tem Messi como foco
No mercado do futebol, o novo presidente do Barcelona, Joan Laporta, se esforça para vender a imagem de que o clube ainda tem poderio financeiro para concorrer com a elite do continente. Mas tem dificuldade para convencer os maiores empresários do ramo sobre isso. Nesta semana, vários veículos de mídia da Catalunha noticiavam o empenho do mandatário para trazer Neymar de volta,. Alguns veículos se arriscaram até em dizer que o negócio estava próximo de um desfecho favorável ao Barça.

A renovação de Neymar representa, logo, um baque para Laporta, que agora concentrará forças em busca da renovação contratual de Messi. Foi justamente a reaproximação com o argentino que tirou um ambiente de pressão ao novo presidente do Barça, e ainda fez os sócios confiarem na volta de Neymar.

O choque de realidade apresentado com a renovação de Neymar até 2025 com o PSG agora faz o mercado prever empenho do clube francês na contratação de Messi. No entanto, isso também passa pelo futuro de Mbappé.

O atacante francês não está disposto a renovar contrato com o PSG. E uma clara maneira do PSG trazer Messi é vender Mbappé ao Real Madrid. Essa seria a manobra crucial para abrir espaço na folha salarial, escapando de punição do Fair Play Financeiro da UEFA.

O cuidado atual no PSG é para não tratar Mbappé como negociável. A informação nos bastidores do clube é de que sim é possível ter Neymar, Messi e Mbappé juntos. Apesar da falta de confiabilidade do mercado do futebol na formação do trio, o golpe inicial foi realizado: agora Neymar é do PSG até 2025.

Fonte: Folhapress

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda