Dois dias de depois de completar 36 anos, Rafael Nadal voltou a levantar um troféu em Roland Garros e aumentou sua lista de recordes no tênis. Neste domingo, o espanhol confirmou a expectativa ao fazer 6/3, 6/3 e 6/0, em 2h18min, sobre o norueguês Casper Ruud (#8 do mundo aos 23 anos), levantou o troféu do torneio parisiense pela 14ª vez na carreira e conquistou seu 22º título de slam.

Os dois números são recordes absolutos no tênis masculino. O segundo maior vencedor de Roland Garros é o sueco Bjorn Borg, com seis títulos. Na lista de maiores vencedores de slams em simples, Roger Federer e Novak Djokovic dividem a segunda posição, com 20 troféus cada.

Campeão mais velho
Neste domingo, Rafa superou ainda outra marca e tornou-se o homem mais velho da história a vencer Roland Garros. O recorde anterior foi estabelecido 50 anos atrás, em 1972, quando Andres Gimeno foi campeão do torneio com 34 anos e 10 meses de vida. Levando em conta todos os slams, Nadal é o quarto na lista de campeões mais velhos. O recorde é de Ken Rosewall, que venceu o Australian Open de 1972 aos 37 anos e dois meses.

Fonte: Folhapress

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *