Conecte-se conosco

    Notícias do Piauí

    MPPI denuncia cinco pessoas por tentativa de homicídio, associação criminosa e porte ilegal de arma em Bom Jesus

    Publicado

    em

    MPPI denuncia cinco pessoas por tentativa de homicídio, associação criminosa e porte ilegal de arma em Bom Jesus

    O Ministério Público do Estado do Piauí, por meio da Promotoria Regional Agrária e Fundiária, ofereceu denúncia, nesta segunda-feira (8), contra cinco pessoas pelos crimes de tentativa de homicídio, associação criminosa e porte ilegal de arma, no município de Bom Jesus, no Sul do Piauí. A denúncia foi assinada pelo promotor de Justiça titular do órgão, Márcio Giorgi Carcará Rocha.

    Segundo a denúncia, no dia 26 de maio de 2021, Wagner Matos Carrijo e Marcos Maciel tentaram matar, por motivo torpe e com impossibilidade de defesa pelas vítimas, Adivânio Araujo da Silva e Walmar de Almeida Passos, na fazenda “Vista Alegre”, no munícipio de Alvorada do Gurgueia. O crime aconteceu no momento em que as vítimas transitavam na estrada rural que dava acesso à fazenda.

    Ainda na denúncia, o MPPI destaca que os acusados invadiram a propriedade das vítimas, iniciando um conflito agrário. Vale ressaltar que Marcos Maciel já foi preso por roubo a carro-forte, na cidade de Elizeu Martins.

    O promotor de Justiça informa ainda, na denúncia, que Wagner Carrijo contratou três pessoas para exercer as funções de “seguranças” da fazenda. São elas: Danilo Pinheiro Santos, Paulo Afonso da Silva Lima Junior, Wagner Luis Cavalcante Arnaldo, os quais portavam armas de fogo em desacordo com a regulamentação legal. Na situação, esses denunciados eram submetidos hierarquicamente a Wagner, atuando na vigilância e na segurança para que o crime se perpetuasse.

    O MPPI ressalta que um membro da associação criminosa atirou contra o delegado de polícia João Felipe Sampaio de Araújo Leite, quando este visitou o local dos fatos. Ao final, o promotor requer que os denunciados sejam submetidos ao Tribunal Popular do Júri e condenados. O Ministério Público também reiterou o pedido de prisão de Wagner Matos Carrijo e Marcos Maciel, que estão foragidos.

    Fonte: MPPI

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular