Conecte-se conosco

Cidades

Motoristas e cobradores fazem nova paralisação em Teresina

Publicado

em

Motoristas e cobradores fazem nova paralisação em Teresina

Os motoristas e cobradores do transporte público municipal realizaram nesta sexta-feira (19) mais uma paralisação das atividades do setor. A medida, segundo os profissionais, se deu pelo não pagamento dos salários atrasados.

As atividades dos profissionais haviam sido retomadas desde última segunda-feira (15), após mais de 30 dias de paralisação. O anúncio do fim da paralisação aconteceu após audiência pública promovida pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT). A audiência foi mediada pela presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região (TRT- 22), Liana Ferraz de Carvalho.

Na segunda-feira (15),o presidente do Sintetro, Ajuri Dias afirmou que o acordo firmado determinou o pagamento dos salários atrasados referentes ao mês de janeiro. Contudo, até esta sexta-feira (19), o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (SETUT) ainda não havia efetivado o pagamento dos profissionais.

Em nota, o SETUT afirma que o atraso no repasse se deu devido a necessidade da assinatura do Sintetro numa minuta de acordo, para que a categoria se comprometa a declarar uma nova greve, porém, o sindicato dos trabalhadores foi comunicado sobre a necessidade da assinatura somente nesta quarta-feira (17).

Veja a nota divulgada pelo SETUT:

O Setut esclarece que a Prefeitura de Teresina garantiu ao presidente da entidade, que faria o repasse da primeira parcela do acordo firmado, até esta quarta-feira, dia 17. Contudo, isso não foi possível devido a necessidade de assinatura do Sintetro numa minuta de acordo, com cláusula de compromisso de não haver greve.

O Sindicato dos Trabalhadores só foi contactado na quarta à tarde e pediu para que pudesse responder ao Município de Teresina, até a quinta-feira (18) e o pagamento então seria realizado nesta sexta-feira (19).

A entidade informa que segue aguardando o repasse de recursos ainda hoje pela manhã (19), para que seja feito o pagamento salarial dos trabalhadores. E que essas informações foram repassadas ao sindicato dos motoristas. O Setut lamenta o atual cenário de impasses com os trabalhadores e os transtornos causados à população teresinense.

Fonte: Setut

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda