Conecte-se conosco

Brasil

Ministro do TST morre aos 63 anos vítima de covid-19

Publicado

em

Ministro do TST morre aos 63 anos vítima de covid-19

O ministro do TST (Tribunal Superior do Trabalho) Walmir Oliveira da Costa morreu mesta quarta-feira (28), aos 63 anos, em decorrência de complicações da covid-19. A informação foi confirmada pela ministra Maria Cristina Peduzzi, presidente da Corte, que decretou três dias de luto.

“Estamos todos muito tristes e lamentamos profundamente a morte do ministro Walmir, de forma tão precoce, para essa doença que já vitimou quase 400 mil brasileiros. Magistrado exemplar, de posição firme, ele contribuiu e se dedicou devotadamente à magistratura e à Justiça do Trabalho. Sua vida, tanto pessoal quanto profissional, sempre foi pautada e alicerçada pela ética, pela honestidade, pelo comprometimento, pelo respeito e pelo amor à vida, à família, à carreira e aos amigos”, diz trecho do comunicado.

Nascido em Irituia, cidade localizada a cerca de 170 km de distância de Belém, no Pará, o ministro integrava o TST desde 2007, em vaga destinada à magistratura. Atualmente, presidia a Primeira Turma do Tribunal e compunha a Subseção I da Seção Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1) e o Órgão Especial.

Segundo o TST, Costa ingressou na magistratura trabalhista através de concurso público, em 1989, como juiz do trabalho substituto da 8ª Região (PA/AP). Atuou em todas as Varas do Trabalho de Belém e nas de Abaetetuba (PA), Almeirim (PA), Altamira (PA), Castanhal (PA), Macapá (AP) e Marabá (PA). Em 1997, foi promovido a juiz do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região. Atuou como juiz convocado no TST em dez períodos, entre 2000 e 2007.

Na área acadêmica, o ministro publicou vários livros, como “Danos Morais nas Relações Laborais. Competência e Mensuração”, pela Editora Juruá, entre outros. O ministro era membro da ABDT (Academia Brasileira de Direito do Trabalho) e da ANDD (Academia Nacional de Direito Desportivo).

Nas redes sociais, a ABDT lamentou a morte de um de seus membros e destacou a característica de homem “esforçado” que, desde jovem, dedicou-se ao direito.

“Com profundo e sentido pesar, comunico à comunidade acadêmica a morte do confrade Walmir Oliveira da Costa. Membro da nossa ABDT, Walmir era magistrado de carreira, paraense da cidade de Irituia, dedicado e estudioso. Deixa uma grande lacuna no campo do Direito, especialmente do Direito Processual, sua preferência. Era um homem esforçado e brilhante que, desde muito jovem, dedicou-se ao direito. De antigo advogado militante, deu-se integralmente à magistratura, chegando a ministro do TST mercê de sua competência demonstrada ao longo de vários anos de convocações sucessivas. Uma perda lamentável para o Direito do Trabalho, para a Justiça do Trabalho e para a nossa ABDT. Que Deus conforte a Maria dos Reis e familiares”.

Fonte: Folhapress

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda