Conecte-se conosco

Cidades

Ministério da Saúde libera 179 leitos de UTI para o Piauí

Publicado

em

O Ministério da Saúde autorizou mais 2,7 mil leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto em 22 estados para atendimento exclusivo aos pacientes graves com covid-19, em caráter excepcional e temporário. Para isso, duas portarias foram publicadas, ontem (19), em edição extra do Diário Oficial da União.

A Portaria nº 499/21 autoriza 1.280 leitos de UTI adulto para o reforço da estrutura hospitalar em mais de 50 municípios nos estados da Bahia, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Sul e São Paulo. O valor do repasse mensal será de mais de R$ 61,4 milhões.

Já a Portaria nº 501/21 autoriza a instalação de 1.499 leitos de UTI adulto em mais de 70 municípios nos estados do Acre, Alagoas, Amapá, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, Sergipe, Tocantins e o Distrito Federal. Os recursos de custeio para essas unidades será de R$ 71,9 milhões mensais.

A autorização é a nova modalidade de apoio financeiro dada pelo Ministério da Saúde, que substituiu a habilitação de leitos. O governo federal arca com parte das despesas, mas agora o pagamento não é mais antecipado e sim mensal.

“A medida fortalece o Sistema Único de Saúde (SUS) e leva atendimento para a população em todo o país. Apesar de estados e municípios terem autonomia para criar e habilitar os leitos necessários, o Ministério da Saúde, em decorrência do atual cenário de emergência, disponibiliza recursos financeiros e auxílio técnico para o enfrentamento da doença. O objetivo é cuidar da saúde de todos e salvar vidas”, informou o ministério, em comunicado.

O Piauí recebeu o valor de R$ 8,592 milhões para 179 leitos. A Portaria nº 499/21 autoriza 1.280 leitos de UTI adulto para o reforço da estrutura hospitalar em mais de 50 municípios nos estados da Bahia, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Sul e São Paulo.

O pedido de autorização para o custeio dos leitos covid-19 é feito pelas secretarias estaduais e municipais de saúde, que garantem a estrutura necessária para o funcionamento dessas unidades. De acordo com o Ministério da Saúde, entre os aspectos observados nas solicitações de autorização estão a curva epidemiológica do coronavírus na região, a estrutura para manutenção e funcionamento da unidade intensiva e corpo clínico para atuação em UTI.

Nessa semana, o governo já havia autorizado 1.639 leitos de UTI adulto e oito leitos de UTI pediátrica para tratamento de pacientes com covid-19. Serão atendidas 64 cidades dos estados de Goiás e São Paulo.

Com informações da Agência Brasil

Cidades

Paciente mata enfermeiro dentro de clínica em Picos

Publicado

em

O técnico de enfermagem Edigar da Silva Santos, 49 anos, foi morto enquanto trabalhava na madrugada desta terça-feira (13) na Clínica e Maternidade Anizinha Luz, em Picos, no Sul do Piauí. A vítima apresenta lesões pelo corpo, sobretudo na cabeça, que indicam suposto espancamento. O acusado do homicídio foi identificado por Marcos Vinícius Lopes, de 26 anos.

De acordo com informações do major Elias, da Polícia Militar em Picos, Marcos Vinícius estava internado em um dos apartamentos da Maternidade, que também atende outras áreas da saúde, além da obstetrícia.

Não foi possível, até o momento, identificar a causa do crime e que arma pode ter sido utilizada. Por volta das 7h, Marcos Vinícius foi encontrado na Avenida Getúlio Vargas, em frente a uma farmácia. No momento da captura, ele demonstrou estar desorientado e tentou resistir à prisão.

 “O suspeito no momento da prisão encontra-se desnorteado”, frisou o major Elias. 

Da Redação

Continue lendo

Cidades

Vigilância Sanitária multa 56 estabelecimentos comerciais em Teresina no último final de semana

Publicado

em

A Vigilância Sanitária de Teresina (Gevisa) da Fundação Municipal de Teresina (FMS) aplicou 56 penalizações a estabelecimentos comerciais no último final de semana, sexta, sábado e domingo (9, 10 e 11). Nessas datas estava em vigor o decreto estadual com medidas mais restritivas de combate a Covid-19.

A gerente de Vigilância Sanitária da FMS, Larisse Portela, informa que o monitoramento ocorre em todas as zonas de Teresina rotineiramente com o apoio da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal.

Sobre as penalizações, a gerente informa quais são as mais recorrentes. “São as aglomerações de pessoas, funcionamento de estabelecimentos comerciais não essenciais e consumo de alimentos e bebidas dentro de bares e restaurantes”, esclarece.

Ela destaca que tem o apoio da população ao informar onde está acontecendo o descumprimento do decreto. A Gevisa disponibiliza os fones 3215 9102 e 3215 9115 para a população fazer denúncias.

Fonte: Ascom/PMT

Continue lendo

Cidades

FMS disponibiliza site para agendar segunda dose da vacina contra a Covid

Publicado

em

Os pacientes que precisam tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19 e não puderam comparecer aos postos de drive thru devem realizar seu agendamento para receber sua dose em uma Unidade Básica de Saúde (UBS). A marcação é feita por meio do site http://vacinaja.fms.pmt.pi.gov.br/, da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Ao acessar o site, o paciente deve clicar no botão “agendamento público alvo”. Em seguida, abrirá uma página para a inserção de dados como CPF e escolha da categoria (idosos por idade, acamados ou pessoas com deficiência). Nesta página, aparecerá uma caixa para que o usuário informe que deseja agendar sua segunda dose. Após confirmar essas informações, ele poderá informar o local, dia e horário para receber a vacina. “Pedimos que o usuário não esqueça de marcar a caixa informando que vai receber a segunda dose, pois ele será direcionado para uma das UBS designadas especificamente para este público”, alerta Karoline Alencar, gerente de Informação em Saúde da Atenção Básica da FMS.

O período de recebimento da segunda dose varia de acordo com o tipo de vacina administrado. Caso o idoso tenha recebido a vacina Coronavac, a segunda dose será dada após um intervalo de aproximadamente 28 dias. Já o imunizante da Astrazeneca/Oxford exige um intervalo de três meses para a administração do reforço. “Até o momento e acompanhando os prazos em relação à primeira dose, já foi possível realizar a vacinação dos idosos acima de 90 anos e também 79 a 84 anos, que receberam a Coronavac. Já a faixa dos 85 a 89 anos, que recebeu Astrazeneca, será imunizada em maio”, esclarece Emanuelle Dias, da coordenação de Vacinação contra a Covid-19 da FMS.

A coordenadora informa ainda que em breve chegará o prazo para o reforço de outras faixas etárias. “Já estamos articulando um esquema de drive thru para o fim de semana, sendo 78 anos na sexta-feira (16) e 77 anos no sábado (17)”, adianta Emanuelle Dias.

Confira abaixo a lista das UBS para vacinação de segunda dose da vacina contra a covid (somente mediante agendamento):

UBS Ceci Fortes
UBS Lourival Parente
UBS Santa Isabel
UBS Vila Bandeirante
UBS Poty Velho
UBS Parque Poti
UBS Porto Alegre

Fonte: Ascom/PMT

Continue lendo

Popular