Conecte-se conosco

Cidades

MEC publica relação de aprovados na segunda chamada do Prouni

Publicado

em

O Ministério da Educação publica hoje (8) a relação de candidatos aprovados na segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni) de 2021. O prazo para que os selecionados comprovem as informações que foram prestadas na inscrição encerrará no dia 24 de fevereiro.

A lista com o nome dos selecionados para o primeiro processo seletivo de 2021, bem como o cronograma do programa, pode ser acessada por meio do site do Prouni.

Neste ano, o programa oferece bolsas para 13.117 cursos em 1.031 instituições de ensino, localizadas em todos os estados e no Distrito Federal. Mais de 162 mil bolsas estão sendo ofertadas nesta edição do Prouni. Desse total, 52.839 são para cursos na modalidade de educação à distância.

Critérios

Para ter acesso à bolsa integral, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo (R$ 1.650) por pessoa. Para a bolsa parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser de até 3 salários mínimos por pessoa (R$ 3.300).

É necessário também que o interessado tenha cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou da rede privada, desde que na condição de bolsista integral. Professores da rede pública de ensino também podem disputar uma bolsa, e, nesse caso não se aplica o limite de renda exigido dos demais candidatos.

É preciso ainda que o candidato tenha feito a edição mais recente do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), tenha alcançado, no mínimo, 450 pontos de média das notas e não tenha tirado zero na redação.

Excepcionalmente neste ano, os interessados serão selecionados de acordo com as notas do Enem de 2019, uma vez que as provas do Enem 2020 foram adiadas em razão da pandemia da covid-19 e apenas o primeiro dia de provas foi realizado.

Fonte: Agência Brasil

Cidades

Pico da pandemia no Piauí será em abril, segundo estudo da Universidade de Washington

Estudo revela que estado pode ter 45 mortes diárias no auge da covid-19 em abril

Publicado

em

Pico da Pandemia no Piauí deve ser em Abril, mostra Universidade de Whasington

Com informações do Jornal Diário do Povo

Estudo do Instituto de Métricas e Avaliação de Saúde (IHME), centro independente de pesquisa em saúde global da Universidade de Washington, aponta para 7 de abril o pico da pandemia no Piauí. Segundo a projeção de dados, seria nessa data que o estado atingiria o maior número de mortes diárias por covid-19.

A projeção do IHME era de que o Piauí atingiria 3.446 óbitos pela doença no dia 7 de março. Os dados deste dia divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (SESAPI) registraram 3.485 mortes por covid-19 em território piauense, 39 a mais do que a projeção da Universidade de Whasington. O estudo tem mantido um grau de acertividade e a projeção para os próximos três meses é assustadora.

Pico da pandemia no Piauí teria 45 mortes diárias no pior cenário

Para o dia 7 de abril, o estudo projeta 35 mortes diárias no Piauí – neste caso, o levantamento considera a ampliação da vacinação e apenas a variante B.1.1.7, sem condierar a variante P.1, de Manaus, que se espalha pelo país. No pior cenário, seriam 45 óbitos por covid-19 em 24 horas.

Haveria, segundo o IHME, uma queda signficatica de vítimas no Piauí a partir do dia 01 de julho, quando o número de mortes em decorrência da doença caia para 4 em um dia. Até lá, o Piauí teria acumulado 5.565 óbitos.

A análise dos números revela que só nos próximos três meses a covid-19 mataria no Piauí quase 60% o número de vítimas total dos últimos doze meses de pandemia. Em 28 de março de 2020, desde que registrou a primeira morte por covid-19, o estado aculumou 3.485 vítimas fatais. Neste próximo trimestre seriam 2.080 mortes.

Continue lendo

Cidades

Covid-19: Idosos de 90 anos ou mais devem tomar segunda dose da vacina nesta terça

Publicado

em

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) estará aplicando amanhã (9) e quarta-feira (10) a segunda dose da vacina contra a Covid-19 voltada aos idosos de 90 anos ou mais. A imunização acontece das 9h às 17h em cinco pontos de drive thru e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) mediante agendamento prévio no site da FMS.

A gerente de ação estratégicas da FMS, Ayla Calixto, explica que as datas foram escolhidas respeitando o intervalo de 28 dias após a aplicação da primeira dose, que aconteceu nos dias 9 e 10 de fevereiro. Os postos de vacinação drive thru estarão funcionando nos seguintes locais:

1 – Universidade Estadual do Piauí (UESPI) – Campus Torquato Neto – Rua João Cabral, 2231, Pirajá;

2 – Centro Universitário Santo Agostinho – Avenida Professor Valter Alencar, 855, São Pedro;

3 – Na Zona Leste-ADUFPI – Av. Universitária, 391, Ininga;

4 -Teresina Shopping – Edifício Garagem G1 – Avenida Raul Lopes, 1000, Bairro dos Noivos.

5 – UNINOVAFAPI – Rua Vitorino Orthiges Fernandes, 6123, Planalto Uruguai.

Ayla Calixto lista os documentos obrigatórios que devem ser trazidos pelos idosos: “Para garantir sua dose, é preciso que o idoso apresente um documento de identificação com foto e a data de nascimento para a comprovação da idade, CPF ou Cartão SUS e cartão de vacinação com o registro da primeira dose”, diz a gerente.

Já aqueles que não puderem se dirigir aos pontos de drive thru podem procurar alguma das UBS do município, com agendamento prévio no site http://vacinaja.fms.pmt.pi.gov.br/ . “Caso o paciente não tenha acesso à internet, ele pode se dirigir à UBS mais próxima de sua casa e solicitar o agendamento no SAME (setor de marcação de consultas) da unidade”, esclarece Ayla Calixto. As pessoas podem ver as instruções de como se cadastrar através do link https://fms.pmt.pi.gov.br/instrucoes-vacine-ja.

A gerente explica ainda que, para a segunda dose dos idosos acamados, as equipes de vacinação irão até as casas, de acordo com o intervalo específico para a data da sua primeira dose.

A estimativa da Fundação de Saúde é que um total de 2.460 idosos com mais de 90 anos sejam imunizados. Na primeira etapa da vacinação, 1.848 pessoas desta faixa etária foram imunizados nos pontos de drive thru, sendo os demais pacientes acamados que receberam a primeira dose em casa.

Fonte: Ascom/PM

Continue lendo

Cidades

Polícia Civil deflagra operação para combater violência contra a mulher

Publicado

em

A Polícia Civil do Piauí deflagrou nesta segunda-feira (8) a Operação Resguardo que visa coibir a violência contra a mulher. A ação é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi/MJSP) e acontece nos 26 Estados e no Distrito Federal, sendo a maior ação nacional de combate a crimes de violência contra a mulher.

De acordo com a Polícia Civil, a operação integrada teve início no dia 1º de janeiro de 2021 em todo o Brasil. Desde então, a Polícia Civil do Piauí já recebeu mais de 1.167 denúncias, que culminaram com a conclusão de 268 inquéritos policiais, 11 cumprimentos de mandados de prisão e atendimento de mais de 1.170 mulheres vítimas de violência.

A Polícia Civil afirma que nesta segunda-feira serão feitas verificações sobre o cumprimento de medidas protetivas e checagem de denúncias de violência contra a mulher.

Conforme a Polícia Civil, a operação no Piauí tem como ponto focal o Departamento Estadual de Proteção à Mulher e conta com o apoio das Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher, Gerência de Polícia Especializada, Gerência de Polícia do Interior, Acadepol, Patrulha Maria da Penha e Guarda Maria da Penha.

Com informações da Ascom

Continue lendo

Popular