Conecte-se conosco

    Brasil

    MDB lança pré-candidatura de Simone Tebet à Presidência da República

    Publicado

    em

    MDB lança pré-candidatura de Simone Tebet à Presidência da República

    O MDB oficializou nesta quarta-feira (8) a pré-candidatura da senadora Simone Tebet (MS) à Presidência da República no ano que vem. O partido tenta viabilizar o nome da senadora na chamada terceira via, contra a polarização entre o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

    Única mulher até o momento na disputa, Tebet se apresentou com o lema: “uma nova esperança para o Brasil”. O evento de lançamento contou com a presença de diversas lideranças do partido, entre eles o presidente nacional do MDB, deputado Baleia Rossi (SP), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, e o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes.

    No vídeo de apresentação, o partido tentou realçar uma imagem de independente da senadora, no qual a pré-candidata criticou o “ódio e a divisão” entre os brasileiros, e caracterizou as candidaturas de Bolsonaro e Lula como volta ao passado. A apresentação explorou ainda a participação da senadora na CPI da Covid, atuação que lhe garantiu visibilidade e pavimentou a indicação do partido.

    Em seu discurso, Tebet defendeu a democracia e afirmou que o Brasil tem urgência e não pode aceitar aventureiros da política. “Aceito ser pré-candidata porque hoje é a história que convocou novamente o MDB a agir. O MDB diz sim porque sabe da grandiosidade que tem. Eu aceitei esse chamamento porque senti o clamor da militância. Eu aprendi com o MDB que na política missão não se escolhe, se assume. Hoje, Brasil e Brasília precisam de uma nova arquitetura política. Eu estarei nessa luta pela democracia”, afirmou Tebet.

    Além disso, a senadora criticou o atual governo, que segundo ela, não tem projeto de país. “É preciso acabar com a dicotomia. É urgente, porque o país não tem prioridades. Um governo que não tem projeto. Um governo que não tem dinheiro. Sem planejamento, falta recursos para o mais básico até para as obras de infraestrutura e logística”, completou.

    De acordo com Tebet, sua pré-candidatura chega para discutir problemas urgentes do país como a fome e a miséria. “Essa missão tem clamor da urgência. A urgência porque o nosso povo, o povo brasileiro, está morrendo de fome depois de centenas de milhares brasileiros terem morrido por uma saúde omissa, insensível e negacionista. Enquanto nos lares faltam cidadãos brasileiros, na rua temos o cenário da indigência total. A nossa missão clama por urgência e é urgente”, acrescentou.

    Ausente do evento, o ex-presidente Michel Temer enviou um vídeo no qual defendeu que o MDB deve pregar a pacificação do país na campanha eleitoral. “Sugeri aos colegas e amigos do MDB que preguem a pacificação do país, preguem a harmonia do Brasil. O povo brasileiro quer isso. Tenho absoluta convicção de que o povo não quer pessoas que dividem o país. Nós, do MDB, sempre pregamos isso e espero que a senadora Simone continue nessa linha, que é fundamental para revelar a história do MDB, as posições do MDB”, afirmou Temer na gravação.

    Fonte: R7.com

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular