Conecte-se conosco

    Cidades

    Manifestação de professores termina em tumulto e correria em Teresina

    Publicado

    em

    Manifestação de professores termina em tumulto e correria em Teresina

    Uma manifestação de professores em greve da rede municipal de Teresina terminou em correria e tumulto nesta terça-feira (15) em frente à sede da Prefeitura de capital piauiense.

    De acordo com informações preliminares, um grupo de moradores que estava protestando por moradia se encontrou com os professores que estavam protestando por conta da greve, sendo que foram disparadas balas de borracha, spray de pimenta pela Tropa de Choque que estava fazendo a segurança do local.

    O presidente do Sindserm, Sinésio Aguiar, lamentou a postura da Prefeitura de Teresina e convocou a categoria para debater o ocorrido em Assembleia

    “É uma coisa absurda nesse 37º dia da greve da educação municipal. Até por recomendação do Ministério Público nós iríamos solicitar que o prefeito nos recebesse para negociar o recebimento da lei federal 11.738 e pagasse os 33,23% do reajuste. Quando nós chegamos em passeata os colegas do movimento por moradia estavam querendo a mesma coisa que nós, somente negociar e a resposta da prefeitura foi uma reposta truculenta, com spray de pimenta, balas de borracha, sem se preocupar com quem passava. Nós estamos convocando todo mundo para uma Assembleia Geral amanhã aqui no Teatro de Arena porque não vamos aceitar isso em Teresina”, lamentou.

    O secretário de Comunicação, Lucas Pereira, confirmou que o prefeito Dr. Pessoa vai avaliar a reivindicação dos manifestantes.

    “O prefeito Dr. Pessoa entende que é legítima a luta por moradia, por terra, inclusive a Prefeitura de Teresina está fazendo nessa gestão o maior programa de regularização fundiária da história de Teresina. Neste momento o prefeito está reunido com sua equipe jurídica para avaliar todos os pedidos dos manifestantes”, destaca o secretário.

    No local também foi realizada uma paralisação de advertência dos motoristas e cobradores de Teresina, que anunciaram greve a partir da próxima segunda-feira (21).

    Da Redação
    Foto: Divulgação/Sindserm

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular