Conecte-se conosco

    Política

    Lula vai ao TSE contra Bolsonaro por 7 de setembro

    Publicado

    em

    Lula vai ao TSE contra Bolsonaro por 7 de setembro

    A coligação que apoia a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a presidente entrará com ação no TSE (Tribunal Superior eleitoral) contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) por causa dos atos do 7 de Setembro.

    Essa não é a única ação anunciada contra Bolsonaro. Outros adversários do presidente farão o mesmo. A candidata Soraya Thronicke (União Brasil) quer inclusive impedir que o atual presidente use as imagens dos atos na propaganda eleitoral, segundo apurou o Poder360

    De acordo com nota enviada à imprensa pela assessoria dos advogados do grupo de Lula, as acusações são de abuso de poder político e econômico. Leia a íntegra no final deste texto.

    “Bolsonaro fez uso indiscutível de um evento oficial para discursar como candidato. Há abuso de poder econômico e político acachapante, com o uso de recursos públicos, de uma grande estrutura pública, para fazer campanha”, disseram os advogados Eugênio Aragão e Cristiano Zanin Martins, representantes da coligação de Lula.

    “Os discursos desse comício escancarado foram transmitidos ao vivo para toda a nação, inclusive por meio da TV Brasil, uma TV estatal”, afirmaram.

    Bolsonaro discursou duas vezes nesse 7 de setembro, que em 2022 marca os 200 anos da independência do Brasil.

    Em Brasília, no fim da manhã, ele discursou em carro de som depois de desfile militar. Disse que o PT não voltará ao poder, conclamou seus apoiadores a irem votar em outubro e também falou em levar para “as 4 linhas da Constituição todos os que ousam ficar fora delas”, se reeleito.

    Depois, o presidente da República voou para o Rio de Janeiro. Também houve exibição militar na cidade e novo discurso de Bolsonaro.

    A última pesquisa PoderData, divulgada nesta 4ª feira (7.set.2022), mostra Bolsonaro em 2º lugar nas intenções de voto para o 1º turno. Tem 37%, contra 43% de Lula.

    Leia a íntegra da nota dos advogados de Lula:
    “Coligação Brasil da Esperança entrará com ação no TSE apontando abuso de poder econômico e político de Bolsonaro no 7 de setembro

    “Os advogados da Coligação Brasil da Esperança entrarão com uma Aije (Ação de Investigação Judicial Eleitoral) junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) apontando abuso de poder econômico e político por parte de Bolsonaro, que está usando o evento cívico-militar do dia 7 de setembro, do qual deveria participar estritamente como presidente da República, para fazer, explicitamente, um megacomício de campanha como candidato.

    “’Bolsonaro fez uso indiscutível de um evento oficial para discursar como candidato. Há abuso de poder econômico e político acachapante, com o uso de recursos públicos, de uma grande estrutura pública, para fazer campanha. Os discursos desse comício escancarado foram transmitidos ao vivo para toda a nação, inclusive por meio da TV Brasil, uma TV estatal’, afirmam os advogados Eugênio Aragão e Cristiano Zanin Martins, que representam a Coligação Brasil da Esperança, que tem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidato”.

    Fonte: Poder360

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular