Conecte-se conosco

    Política

    Lula aposta na economia; Bolsonaro foca em segurança pública e no Nordeste

    Publicado

    em

    Lula aposta na economia; Bolsonaro foca em segurança pública e no Nordeste

    Candidatos à Presidência da República mais bem votados no primeiro turno das eleições, Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PL) retomaram na última sexta-feira (7) a veiculação das propagandas eleitorais gratuitas na televisão e no rádio.

    Nos últimos dois dias, o ex-presidente petista focou sua campanha em propostas para redução da inflação e geração de empregos, além de criticar Bolsonaro em pautas de costume – como o aborto – e na condução da economia e da pandemia.

    Já o atual presidente se concentrou em apresentar propostas voltadas à região Nordeste e a atacar o candidato petista em relação à segurança pública. Bolsonaro também exaltou a atenção dada a produtores rurais e a nova formação do Congresso após o resultado no primeiro turno.

    Lula
    Acusações
    A propaganda do PT aborda a pauta de costumes para atingir Bolsonaro: afirma que o atual presidente faz acusações para “cobrir o que ele mesmo faz” – a peça exibe a manchete de um jornal baiano que diz que Bolsonaro já defendeu o aborto.

    A campanha também cita reportagem que revela que 51 imóveis comprados pela família Bolsonaro foram pagos em dinheiro vivo.

    Lula também faz críticas ao atual governo na condução da pandemia e da economia. Cita que a inflação do Brasil figurou entre as mais altas do mundo e chama Bolsonaro de desumano por ter proferido frases como “Vai comprar vacina só se for na casa da sua mãe” e “Falar que se passa fome no Brasil é uma grande mentira”.


    Propostas
    “Eu volto para governar o Brasil com um compromisso. Fazer as coisas que atendam a necessidade das pessoas”, diz Lula.

    Isenção do Imposto de Renda para quem ganha até R$ 5 mil;
    Redução da inflação;
    Renegociação de dívidas das famílias que estão com o nome sujo;
    Aumento do salário-mínimo acima da inflação;
    Investir e retomar obras como o Minha Casa Minha Vida para geração de empregos.

    Apoios
    O apoio da senadora Simone Tebet a Lula tem destaque na propaganda. A ex-candidata à Presidência aparece ao lado do petista enquanto discursa em seu favor.

    Outras figuras da política também aparecem na propaganda em demonstrações de apoio: Ciro Gomes/PDT, Marina Silva, Henrique Meirelles, Fernando Henrique Cardoso e Joaquim Barbosa.

    Bolsonaro
    Acusações
    Bolsonaro aposta na exibição de manchetes que mostram que Lula foi o candidato mais votado em algumas unidades prisionais no último dia 2 de outubro.

    Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), apenas presos provisórios podem votar. Dados levantados pelo g1 em 2021 mostram que o número de pessoas encarceradas que ainda aguardam julgamento é de 217.687, o que equivale a 31,9% do total de presos. Já os presos com sentença condenatória transitada em julgado, ou seja, sem possibilidade de recurso, não podem votar ou ser votados.

    A campanha ainda critica uma fala do ex-presidente condenando ações de violência policial contra menores infratores: “Eu não posso mais ver jovem de 14, 15 anos assaltando e sendo violentado, assassinado pela polícia, às vezes inocente, ou às vezes porque roubou um celular”.

    Propostas
    “O nosso compromisso é com o nosso Brasil, é com você, trabalhador e trabalhadora brasileira. É com a nossa liberdade”, diz Bolsonaro.

    Após associar vitória de Lula no Nordeste a analfabetismo, Bolsonaro disse que não atacou nordestinos e dedicou um programa eleitoral inteiro para se dirigir à região.

    Reforçar o policiamento nas ruas e melhorar equipamentos das polícias;
    Criação de usinas de energia limpa;
    Internet em 100% das escolas;
    Construção de 1,5 milhão de casas pelo programa Casa Verde e Amarela;
    Conclusão da Ferrovia Transnordestina.

    Apoios
    A campanha do atual presidente destaca apoios de governadores eleitos e que tiveram votações expressivas no primeiro turno, como Tarcísio de Freitas (Republicanos/SP), Romeu Zema (Novo/MG), Cláudio Castro (PL/RJ) e Ratinho Júnior (PSD/PR).

    Fonte: globo.com

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular